18 maio 2022 5:43
18 maio 2022 5:43

Oito funcionários da secretaria de Saúde de SP morrem com suspeita de coronavírus

Coronavírus

Por Jovem Pan

Oito funcionários da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São Paulo morreram ao trabalharem pelo combate ao coronavírus. Um dos óbitos, o do hematologista e hemoterapeuta Paulo Fernando Moreira Palazzo, foi causado pela covid-19. Os outros sete também podem ter sido causado pela doença, mas aguardam confirmação. O estado de São Paulo tem 4,8 mil confirmações e 304 mortes provocadas pela coronavírus. No Brasil são 12,2 mil casos e 567 mortes. Em nível global, o número chega a 1,3 milhão de casos, com 76,4 mil óbitos.

De acordo com nota da Secretaria de Saúde da capital paulista, desta segunda-feira (6), a “perda é irreparável, no momento em que a comunidade de Saúde da cidade se prepara para enfrentar seu maior desafio”.

Em outra nota, a pasta informou que a Autarquia Hospitalar Municipal (AHM), responsável por 19 hospitais e quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA), registrou 1.841 afastamentos por quadros de síndrome respiratória. O número representa 9,3% dos 19.675 funcionários da AHM e compreende o período de 26 de fevereiro até a última sexta-feira, 3 de abril.

Entre os afastamentos, 95 se tratam de casos confirmados de coronavírus.

O governo estadual prorrogou a quarentena, valendo até 22 de abril.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.209 outros assinantes

ÚLTIMAS