6 dezembro 2021 3:43 am
23.3 C
Rio Branco
6 dezembro 2021 3:43 am

Ensino à distância e atividades remotas não devem ser contabilizadas como horas/aulas, diz Seme

Departamento de comunicação da PMRB
-------- Continua depois da Publicidade--------

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), em consonância com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e (LDB), que prevê o ensino fundamental presencial, encaminhou Ofício/Circular à coordenadores (as) de creches e diretores (as) das escolas da Rede Municipal de ensino. No documento, a Seme não recomenda quaisquer práticas de ensino à distância ou realização de atividades remotas como horas/aulas em cumprimento de dias letivos.

A Secretaria Municipal de Educação ressalta que a Prefeitura de Rio Branco não tem medido esforços no sentido de propor condições viáveis para a construção de aprendizagem de qualidade para todos os alunos. A orientação aos coordenadores e diretores, leva em consideração vários fatores, entre os quais: o perfil dos alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental, crianças de 2 a 10 anos de idade, público ainda com pouca autonomia para trilhar sem a mediação do professor seus próprios percursos de aprendizagens.

Outro aspecto levado em consideração pela Prefeitura é o perfil das famílias, que em grande medida não têm a formação específica, nem recursos necessários que os coloquem no lugar de saber do professor. Além do não alcance do atendimento e acessibilidade a todos os alunos matriculados na Rede Municipal da capital.

Vômea Maria de Araújo, secretária municipal de Educação, destaca ainda que é de conhecimento de todos, que o Município precisou fechar as escolas para ampliar o distanciamento social e, com isso, diminuir a transmissão do novo coronavírus, causador da Covid-19 que está impactando todo o sistema educativo, bem como as famílias de modo geral.

Por fim, Vômea Araújo, esclarece que a Seme segue aguardando as recomendações dos Conselhos de Educação das três esferas, que até o momento não autorizou esse tipo de proposta. “Tão logo as autoridades recomendem o retorno das aulas, replanejaremos o calendário letivo e trabalharemos na construção de estratégias que reduzam ao máximo possível os prejuízos educacionais desta crise para a formação de nossos alunos”, observa.

-------- Continua depois da Publicidade--------

Julgamento de acusados no caso da Boate Kiss entra hoje no quinto dia

Depoimentos são de vítima e de testemunha de defesa de um dos réus

DPU recomenda que prefeito de Rio Branco pare de fazer discurso de ódio sobre musical com Papai Noel gay

Tião Bocalom se manifestou contra a iniciativa que foi aprovada pela FGB no último dia 26. Defensoria deu prazo de 10 dias para prefeito responder se vai ou não acatar recomendação.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS