Rio Branco,

aaa

Sindicalistas dizem que manifestações ocorrerão até dia de votação da reforma

Paralisação

ContilNet
- Publicidade-

Manifestantes dizem que a preocupação agora é com a mova reforma administrativa

Mesmo com a pacificação entre deputados e o governo do Estado para a votação das propostas de reforma administrativa para p próximo dia 26 de novembro, sindicalistas de diversas categorias do funcionalismo público voltaram a ocupar o centro de Rio Branco (AC), nesta terça-feira (12 ). Agora, com o reforço de servidores da Secretaria de Educação, os manifestantes ocupam as esplanadas do Palácio Rio Branco e da Assembleia Legislativa.

O serviço de segurança do Estado reforçou a vigilância em torno do Palácio Rio Branco sob o temor de invasão. Mesmo assim, já há servidores nas escadarias e na porta do Palácio Rio Branco.

Servidores prometem novas manifestações/Foto: reprodução
Mesmo com tanto tempo para negociar com o governo e os deputados, os sindicalistas dizem que não vão arredar o pé e que novas manifestações vão ocorrer até a data da votação. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, disse que a preocupação agora é com a mova reforma administrativa que o governo quer embutir e aprovar junto com a reforma Previdenciária.

Renalti, do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário, disse que as manifestações vão continuar porque os sindicalistas temem que, mesmo aprovadas, as medidas a serem acordadas com sindicalistas e deputados, elas podem ser decretadas pelo governador Gledson Cameli. Em discursos transmitido por um caminhão som estacionado na esplanada do Palácio, os sindicalistas desafiam o governador a sair do Palácio para vir negocia com os manifestantes. Informações da assessoria dão conta que o governador viajou para Cruzeiro do Sul.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS