VÍDEO: Preso em Maceió o policial federal acusado de matar filha de 2 meses por asfixia no Acre

O policial federal Dheymerson Cavalcante Gracino dos Santos, acusado de homicídio doloso pela morte da própria filha (um bebê dois meses), foi preso dentro de um hospital particular, no bairro da Gruta de Lourdes, em Maceió, nesta quinta-feira. O policial tentou reagir, mas foi contido por um grupo de policiais que o levaram á força para uma viatura. Ele faria um exame médico naquele hospital.

Após a prisão, o agente federal foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal de Alagoas. No mês passado o ministério público estadual ofereceu denúncia contra Dheymerson e mae dele, acusada de ser cúmplice na morte da criança.

VEJA VÍDEO DA PRISÃO:

 

Um laudo apontou que a causa da morte foi broncoaspiração – insuficiência respiratória e obstrução das vias aéreas causadas pela quantidade de leite ingerido. A polícia aceitou as alegações de que o policial premeditou a morte da menina junto com a mãe dele porque não queria pagar pensão alimentícia.

O promotor de Justiça Ildo Maximiano, responsável pela denúncia, explicou que o PF e a mãe foram denunciados por homicídio com três qualificadoras: motivo torpe, emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima e asfixia. Com informações ACJornal

Você pode gostar

Mais Notícias
Ver Mais