Mestre Matraca lança show “Casa de Pescador”

Após um longo período de ensaios, o show de capoeira “Casa de Pescador” será estreado em 06 de outubro, às 17h, no Teatro Maués Melo, no Centro Cultural Thaumaturgo Filho. O show é uma iniciativa de Mestre Matraca, com o financiamento da Prefeitura de Rio Branco, através do Fundo Municipal de Cultura. Acompanhado pelos músicos Saulo Olímpio, Gabi Oliveira, José Gabriel, Gabriel Neto e Gilson Robes, o show incluirá dez músicas que compõe o CD Casa de Pescador, lançado por Mestre Matraca em 2018, com o financiamento do Governo do Estado do Acre e a parceria da Prefeitura de Rio Branco, através da Fundação Garibaldi Brasil.

“O lançamento do CD Casa de Pescador foi um sonho realizado e uma inovação no mundo da capoeira acreana. É o primeiro CD de músicas de capoeira genuinamente acreanas, todas compostas por mim. A produção musical foi do músico e amigo Daniel Flores, que realizou um trabalho de muita qualidade. Também contei com a participação especial do amigo João Batista Campos, que incluiu sua composição Flor de Araçá”, comentou Mestre Matraca.

Após o lançamento, surgiu a ideia do show, com o objetivo de divulgar o trabalho realizado. “A ideia é que o show tenha muita capoeira e muito axé, e que assim as pessoas possam conhecer melhor o meu trabalho”, completa Mestre Matraca.

Um pouco da trajetória de Mestre Matraca

Chegando ao Acre em meados da década de 90, começou a treinar capoeira no Grupo Cordão de Ouro, coordenado por Mestre Xandão. Participou de diversos projeto e apresentados pelo grupo. Em 2011, começou a desenvolver e realizar projetos relacionados à capoeira e culturas afro-brasileiras, como oficinas de confecção e toque de instrumentos, como berimbau e caxixi, e oficinas de samba de roda. Este último projeto, levou a formação de um grupo de samba de roda, que está realizando ensaios e montando coreografia, para em breve começar a circular pelo município e pelo Estado.

Mais atividades financiadas pela Prefeitura de Rio Branco

A Prefeitura de Rio Branco, através do Fundo Municipal de Cultura, tem movimentado o cenário cultural local com diversas atividades, com destaque às atividades ligadas às culturas afrobrasileiras.

Além do show Casa de Pescador, nos dias 18, 19 e 20 de outubro, no Horto Florestal, teremos a Oficina de Danças e Cantos Afrobrasileiros, a ser ministrada pelo Ogan Silvestre ti Omulu. O projeto é de Gilson Robes e será aberto a toda a comunidade, mediante inscrição prévia.

Ainda no mês de outubro, teremos a Oficina de Confecção de Caxixi, uma iniciativa de Alex Felinto, que conta com a participação de Gilson Robes e de Mestre Matraca. Serão realizadas duas oficinas e as datas e locais brevemente serão divulgadas ao público.

Com informações da Assessoria

Você pode gostar

Mais Notícias
Ver Mais