Rio Branco,

Em dois dias, mais de 370 incêndios ambientais são registrados em Rio Branco

Destaque

Por Por G1 Acre

Em apenas dois dias, a capital acreana, Rio Branco, registrou cerca de 374 incêndios ambientais, entre as zonas urbana e rural. O dado é do Corpo de Bombeiros do Acre e corresponde a ocorrências recebidas apenas no sábado (3).

Publicidade

Diariamente, são atendidas cerca de 12 ocorrências de incêndios ambientais na capital acreana. Esse número, geralmente, sobe para 45 ocorrências durante um fim de semana, de acordo com o major Cláudio Falcão, assessor de comunicação dos bombeiros.

A principal causa para o elevado número, segundo o major, foram os fortes ventos que atingiram o estado durante o fim de semana. Os ventos atingiram 50 quilômetros por hora.

“Sabemos que no final de semana se intensifica as queimadas em quintais, terrenos e outros. Só que tivemos ventanias muito fortes, que duraram até o domingo. Com o vento, se perde o controle de qualquer incêndio que se faça. E foi isso que aconteceu na zona rural e urbana”, confirmou.

Falcão explicou que para atender o número de ocorrência registrado seria necessário todos os batalhões do Corpo de Bombeiros do estado. O major ressaltou ainda que os ventos não causaram danos em prédios, mas foi possível encontrar árvores caídas, calhas e telhados arrancados na cidade.

Vento derrubou brinquedo

Um forte vento tombou um brinquedo inflável e deixou três crianças feridas na noite desta sexta-feira (3), durante a Expoacre 2019 – a maior feira de agronegócios do estado. Duas das crianças tiveram fraturas e outra ficou com sangramento no nariz.

Falcão informou que ao menos 10 crianças estavam no brinquedo no momento do acidente. Segundo ele, uma rajada de vento fez o escorregador inflável tombar e causou um tumulto no local. As crianças feridas têm 6, 7 e 11 anos.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade