Connect with us

polícia

Enfermeira é agredida por paciente na UPA da Sobral

Publicado

em

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac), relatou com indignação o caso de uma enfermeira que atua na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro Sobral, em Rio Branco. Segundo publicação de Adailton Cruz, a colega foi agredida na noite dessa quarta-feira, 14, enquanto estava no setor de Classificação de Risco.

De acordo com as informações de Adailton, mesmo após ter sido atendida, a paciente retornou ao setor e agrediu a enfermeira. “De forma covarde e inimaginável. Brutalmente agredida, física e psicologicamente, inclusive com lesão na região cervical, por uma pseudo paciente, motivada pelas piores intenções e de caráter da pior estirpe”, relatou o presidente do sindicato.

Numa imagem divulgada, a enfermeira aparece atrás de uma mesa que fora virada e um computador jogado no chão. Cruz destacou que a servidora não recebeu apoio do estado. “É revoltante a omissão do estado, a falta de segurança e apoio aos trabalhadores em saúde”, escreveu. E finalizou repudiando o descaso e falta de apoio e segurança aos trabalhadores de unidades públicas de saúde.

Segundo ele, o sindicato irá oferecer o jurídico para representar a agressora nas esferas criminal e cível: “para que responda perante a lei e o episódio não fique impune”, garantiu. Adailton descreveu a enfermeira como profissional que ajuda a “salvar vidas e a reduzir o sofrimento do próximo”.

Propaganda

Veja também

Mais lidas

Portal de notícias do Acre | Diretor e Redator - Lenilda Cavalcante FENAJ 084 | Copyright © 2006-2019 ECOS DA NOTÍCIA - Todos os direitos reservados.