Connect with us

geral

Governo alerta sobre comportamento violento em namoros

Publicado

em

Numa relação de amor saudável não há gritos, insultos, ameaças, humilhações, empurrões, pontapés ou quaisquer outras formas de agressões, sejam elas psicológicas ou físicas. Para combater a violência no namoro, o governo do Estado do Acre, por meio da secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), lançou nesta quarta-feira, 12, a campanha ‘Quem Ama não Machuca’, que tem o propósito de alertar e esclarecer comportamentos violentos numa relação íntima entre jovens.

A secretária de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, Claire Cameli explica que a intenção é de contribuir com a reflexão social sobre o respeito conjugal entre um casal.

“O dia dos namorados foi escolhido com esse propósito de informar a sociedade sobre relacionamentos abusivos e demais formas de violências, para ajudar os jovens e os pais a compreenderem o perigo que a violência traz. Quando levamos informação à comunidade, as pessoas passam a enxergar que algumas práticas até então, tidas como normais”, destacou.

Para a secretária, o silêncio não ajuda e os índices de violência nos relacionamentos têm se agravado em todo o país. O Brasil é o quinto país do mundo com mais assassinatos de mulheres e dentre elas, jovens. No Acre, esse número é alarmante. A maior taxa de feminicídio do país foi registrada entre 2018 e 2019. Fora os casos de jovens que suicidam-se, que mutilam-se e com doenças psicológicas. “Por isso, a necessidade de, no Dia dos Namorados, falarmos sobre relacionamentos abusivos, como eles começam e as maneiras de denunciar qualquer agressão”, explicou a secretária.

Insultar, agredir, proibir, ameaçar e perseguir são comportamentos violentos que muitos jovens encaram com normalidade. Para eles, são manifestações de amor. Mas são crimes que devem ser denunciados.

A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Ligue 180 – é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato). A Central funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados, e pode ser acionada de qualquer lugar do Brasil. Afinal, a violência no namoro também é crime.

#ficaadica

  • Não se proíbe o namorado ou a namorada de vestir uma determinada roupa ou de falar com seus amigos.
  • Em momento algum, se pode pressionar ou até mesmo obrigar a ter relações sexuais.
  • Nunca se deve invadir a privacidade, como ler as mensagens em celulares do outro sem permissão.
  • Entrar na conta de uma rede social sem autorização ou ir ainda mais longe e compartilhar online conteúdos íntimos sem conhecimento é crime.
Continue lendo

geral

Deputado rondoniense quer batizar ponte sobre rio madeira com nome de Dom Moacyr

Publicado

em

Um projeto apresentado na Câmara dos Deputados quer dar o nome do arcebispo Dom Moacyr Grechi à ponte sobre o Rio Madeira que liga o Acre ao restante do Brasil por terra e está prestes a inaugurar.

Apresentado pelo deputado Mauro Naziff (PSB-RO) e na justificativa ele diz que assim como a ponte, Dom Moacyr foi “a ponte missionária nestes dois estados”. Ele morreu no último dia 17 de junho, em Porto Velho.

”A homenagem é mais do que justa e merecida. Nós enfatizamos no projeto a história do arcebispo, o trabalho desenvolvido na região e a frente missionária liderada por esse grande homem numa época de extrema desigualdade social. Fica o nosso reconhecimento e a reverência, agora como símbolo de uma grande obra do governo federal”,comentou o deputado. As informações são da assessoria.

Continue lendo

geral

Afinal, o fruto do jambeiro é jambo ou jambre?

Publicado

em

Após matéria publicada nesta terça-feira (25) pelo Ecos da Notícia mostrando que a fruta do jambeiro é rica em vitaminas e previne do envelhecimento precoce, várias pessoas se mostraram confusas quanto a forma correta de chamar a fruta. Pois não erra quem chama o Syzygium jambos de jambre ou jambo. O Dicionário mostra que as duas formas estão corretas, uma vez que boa parte da população conhece a fruta como jambre mesmo.

A fruta é rica em fibras que regulam o intestino grosso e evitam a prisão de ventre. Além disso, O Jambre é uma fruta diurética, recomendada para pessoas com problemas nos rins. Jambre tem um gosto bem adocicado e suavemente ácido e o aroma é parecido ao de rosas.

Ele é uma excelente fonte de FósforoFerro, Proteínas, Vitamina CVitaminas B1, vitaminas B2, Vitaminas A, antioxidantes que atuam diretamente na prevenção do envelhecimento precoce, flavonóides e taninos, que contribuem para a formação do colágeno e também contra tumores.

Os Benefícios do Jambre para saúde

  • Prisão de Ventre.
  • Diurético.
  • fortalece o sistema imunológico.
  • Evita O envelhecimento precoce.
  • Tosses.
  • Dores de cabeça.
  • desarranjos intestinais.
  • Raízes do jambre possuem benefícios para catarros no pulmão!
  • Auxiliar na formação de colágeno.
  • reduz os efeitos dos radicais livres.
Continue lendo

geral

Gestores da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos participam de qualificação oferecida pela Amac e CNM

Publicado

em

Departamento de Comunicação PMRB

Secretários de Assistência Social de vários municípios acreanos participaram nesta terça-feira, 25, na sede da Associação de Municípios do Acre (Amac), de um seminário oferecido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), sobre O Papel dos Municípios na Rede de Amparo Social.

A ação faz parte do programa CNM Qualifica, que oferece capacitação para servidores e funcionários com vários temas de interesse das administrações municipais. A Política Nacional de Assistência Social; Sistema Único de Assistência Social (Suas); Competências federativas; Níveis de gestão e proteção social; Serviços socioassistenciais, programas; e Equipes de referência foram alguns dos temas discutidos durante todo o dia pelos secretários e representantes dos municípios.

 

De acordo com secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Rio Branco, Núbia Musis, a iniciativa é uma oportunidade para que os municípios troquem experiências, tenham total clareza do que é de responsabilidade das gestões municipais, e iniciem projetos inovadores voltados à proteção e amparo das pessoas em situação de vulnerabilidade. “Ações como essa ajudam a fortalecer a autonomia dos municípios, qualifica os gestores e servidores da área orçamentaria e financeira da Assistência. Parabenizo a prefeita Socorro Neri, presidente da Amac, e também a CNM pela oportunidade de nos proporcionar esse aperfeiçoamento numa das áreas mais sensíveis da administração pública”.

 

 

Continue lendo

Veja também

Mais lidas

Portal de notícias do Acre | Diretor e Redator - Lenilda Cavalcante FENAJ 084 | Copyright © 2006-2018 ECOS DA NOTÍCIA - Todos os direitos reservados.