Connect with us

polícia

Jovem é preso após dar tiro em banheiro de shopping em Rio Branco

Publicado

em

Jovem foi preso por um perito criminal federal que estava no restaurante. Homem vai responder por porte ilegal de arma de fogo.

Um homem de 23 anos foi preso na noite de terça-feira (4) após dar um disparo acidental de arma de fogo dentro do banheiro de um restaurante no shopping de Rio Branco. O atirador não tinha porte de arma de fogo, segundo informou a Polícia Militar (PM-AC).

Ao G1, a direção do shopping informou que está sempre preocupada com a segurança dos clientes e que acompanhou todo o processo do caso até a delegacia. Além disso, destacou que o caso foi atípico e que sempre está disponível para atender os clientes da melhor forma.

O boletim de ocorrência da PM destaca que uma guarnição foi acionada pelo Centro Integrado em Operação de Segurança Pública (Ciosp) para atender um caso de disparo de arma de fogo. Quando a polícia chegou no local, um perito criminal federal relatou que abordou o atirador no banheiro, deu voz de prisão e apreendeu a arma.

O jovem foi levado para a Delegacia de Flagrantes (Defla) onde foi registrado o boletim de ocorrência. O atirador vai responder por pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

Continue lendo

polícia

Polícia Cívil prende médico suspeito de comercializar anabolizantes

Publicado

em

Com informações AC 24 Horas

A polícia Civil deflagrou na manhã desta sexta-feira (19) a Operação “No Pain No Gain”, que significa sem dor e sem ganho, e prendeu o Médico Geovanni Casseb, suspeito de envolvimento em rede de distribuição e comercialização de anabolizantes em todo estado do Acre.

A prisão aconteceu após a Polícia Civil dar cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa do Médico no bairro Floresta Sul. A ação da Polícia foi um desdobramento da operação que prendeu no último dia 9 de julho, o garçom Whendel da Silva Rodrigues, 26 anos, e apreendeu um grande carregamento de anabolizantes, procedentes do Paraguai, Ucrânia, México e que seriam vendidos na capital.

Em entrevista concedida a Imprensa na tarde desta sexta-feira, na Divisão de Investigações Criminais no bairro Cadeia Velha, o delegado Pedro Resende, declarou que o Médico atuava como sócio do Garçom Whendel, que inclusive um remédio do mesmo lote que foi encontrado na casa de Whendel foi encontrado na casa de Casseb.

“Na semana passada conseguimos prender o Whendel que era um forte distribuidor de anabolizantes da capital e em todo estado e como desdobramento desta operação nós chegamos na pessoa do Dr. Giovanni, que é um médico associado do Whendel que auxiliava e ajudava nessa organização para venda de anabolizantes. Encontramos remédios de venda somente com receita médica, várias amostra grátis que o médico recebia da distribuidora de medicamentos, e através da investigação constatamos que o remédio encontrado na casa de Whendel do mesmo lote foi encontrado também na casa do Médico”, disse o Delegado.

Resende disse ainda que os medicamentos que eram comercializados ilegalmente por Whendel tinham nas receitas a assinatura do médico. “O Dr. Giovanni valendo-se da função de médico, de Professor universitário, tinha uma grande clientela, essa clientela fazia consulta com ele, os remédios que eram permitidos que eram legalmente receitados, eram receitados em blocos de receita com timbre e com o nome do Médico, ele também receitava outros remédios proibidos, esses não tinha timbre, não tinha assinatura, não tinha carimbo médico. Casseb indicava para os clientes dele a compra de anabolizantes com o Wendel. O que mais chama a atenção nessa operação é que diversas pessoas que foram ouvidas não sabiam que os remédios eram proibidos porque estavam se consultando com um médico.” Concluiu Pedro Resende.

Continue lendo

polícia

Campanha de vacinação contra caxumba é retomada no Complexo Penitenciário de Rio Branco

Publicado

em

Da Agência de Notícias Acre

O Governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), retomou nesta quinta-feira, 18, a campanha de vacinação contra caxumba no Complexo Penitenciário de Rio Branco, onde 400 doses da vacina tríplice viral foram disponibilizadas para a imunização dos reeducandos.

De acordo com a gerente de Saúde do Iapen, Ingrid Kariny Suárez, diante dos diagnósticos positivos quanto aos casos de caxumba, o órgão solicitou a vacina para imunização da população carcerária. “É importante lembrar que há cerca de dois meses, outras 300 doses já haviam sido disponibilizadas, alcançando 250 reeducandos e 50 agentes penitenciários”, disse.

400 doses da vacina tríplice viral foram disponibilizadas para a imunização dos reeducandos Foto: Iapen

Suárez explicou que no primeiro momento 46 presos foram diagnosticados com a doença e receberam os devidos cuidados. Já neste segundo momento, cerca de 50 presos receberam o diagnóstico positivo e também estão devidamente sendo monitorados e tratados.

Ela ressaltou, ainda, que as 400 doses iniciais foram direcionadas aos presos do regime provisório, onde os casos foram registrados. “Na próxima semana, outras 400 doses serão disponibilizadas, ainda para a imunização dos reeducandos da Unidade de Recolhimento Provisório. Porém, outras já foram solicitadas para alcançar todo o complexo prisional”,

A caxumba

A caxumba faz parte das chamadas doenças comuns da infância, pois acomete, principalmente, crianças e adolescentes em idade escolar, dos 5 aos 16 anos. Mas isso não impede que adultos sejam infectados com a doença.

É uma infecção viral que atinge as glândulas parótidas que fazem parte das glândulas que produzem saliva. Contudo, a caxumba também pode afetar as glândulas submandibulares e sublinguais, todas próximas dos ouvidos. Não há tratamento específico para caxumba, por isso é importante prevenir seu aparecimento com a vacinação.

Os principais sintomas são: inchaço e dor nas glândulas salivares, podendo ser em ambos os lados ou em apenas um deles, febre, dor ao mastigar e engolir, dor de cabeça, perda de apetite, fadiga e fraqueza. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Continue lendo

polícia

Presos entregam 32 armas artesanais voluntariamente para que Iapen libere visitas no AC

Publicado

em

Por G1 Acre

Presos dos pavilhões L e H estão com visitas suspensas desde domingo (14), depois que agentes encontraram uma arma em cela. Iapen diz que detentos vão continuar sem visitas.

Com as visitas suspensas desde domingo (9), presos dos pavilhões L e H do Complexo Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco, entregaram “voluntariamente” 32 estoques – armas artesanais – ao sistema prisional.

Segundo o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), mesmo com a entrega, nesta quarta-feira (17), as visitas seguem suspensas.

No mesmo dia em que as visitas tinham sido liberadas, após a primeira suspensão no dia 28 de junho, os agentes encontraram uma arma de fogo no buraco de um vaso sanitário dentro de uma cela.

Foi quando os detentos dos dois pavilhões voltaram a ter as visitas suspensas. Segundo o diretor da unidade, Fagner Souza, a entrega dos estoques ocorreu depois que o Iapen anunciou que só liberaria as visitas depois que fosse certificado que não teria mais nenhum armamento no presídio.

“De maneira voluntária, eles jogaram no corredor esses estoques. Logo após, entramos para fazer uma revista e pegamos mais cinco estoques que eles estavam ocultando, o que comprova que isso é uma falsa rendição. Por medida de segurança, as visitas continuam suspensas até que a gente consiga ter a certeza que não vai haver risco tanto para os visitantes como para os servidores”, afirmou Souza.

Continue lendo

Veja também

Mais lidas

Portal de notícias do Acre | Diretor e Redator - Lenilda Cavalcante FENAJ 084 | Copyright © 2006-2018 ECOS DA NOTÍCIA - Todos os direitos reservados.