Rio Branco,

aaa

OPERAÇÃO LUZ NA INFÂNCIA: Duas pessoas são presas no Acre

Luz da Infância

Da Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Polícia Civil apreendeu vídeos de exploração sexual de bebês, crianças e adolescentes nas casas dos acusados

Nas casas de dois acusados a Polícia Civil apreendeu computadores, memorias internas e externas com conteúdo criminoso. Imagens/Divulgação PC

A terceira fase da Operação Luz da Infância desencadeada nacionalmente pelo Ministério da Segurança Pública que visa coibir e prender pessoas que armazenam, compartilham ou praticam crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes através de meios cibernéticos resultou na prisão de duas pessoas em Rio Branco e apreensão de vasto material que as incriminam por exploração sexual até mesmo contra bebês.

De acordo com informações da Polícia Civil nas casas dos acusados foram apreendidos material armazenados em vídeos e fotos salvos em memorias de computadores e dispositivos de memorias externas.

Equipamentos apreendidos passaram por perícia. Imagens/Divulgação Polícia Civil

Em uma das apreensões o criminoso teria separado as imagens de crianças e adolescentes em situação de exploração sexual por faixa etária.

Em um dos vídeos aparece imagens de bebês com menos de um ano sendo vítima de abusos sexuais. Essas imagens eram compartilhadas por membros de uma rede internacional de pedofilia que utiliza da internet para divulgação do material criminoso, e assim alimentar o crime hediondo.

Durante as três fases da Operação o Ministério da Segurança Pública descobriu uma rede nacional que explora material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes ramificada em vários estados do Brasil.

População pode ajuda na Operação, diz delegada

Delegada Denise Frez destaque importância de denúncia anonima. Imagem/Divulgação Polícia Civil

A delegada Elenice Frez, responsável pela operação no estado do Acre, disse que a população pode ajudar denunciando de forma anônima pessoas que estejam envolvidas na pratica criminosa de exploração sexual de crianças e adolescentes também de forma de distribuição de material pornográfico.

“Essa conduta criminosa destrói a vida de uma criança ou adolescente. A sociedade como um todo é responsável pela proteção dessas crianças. A denúncia é sigilosa e garantida total anonimato do denunciante” afirmou a autoridade policial.

Todo e qualquer informação pode ser feita através do 181 Disque denúncia da Polícia Civil.

 

 

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS