Rio Branco,

aaa

Exoneração de 229 servidores em cargo comissionado reduz folha em mais de R$ 750 mil

- Publicidade-

A exoneração de 229 servidores de cargos comissionados lotados em órgãos do governo estadual foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira e significou reduz de mais de R$ 750 mil aos cofres públicos

Redação Ecos da Notícia –

De acordo com informações de pessoas ligadas a gestão estadual, as exonerações  devem seguir até o final do mandato do governador Sebastião Viana, são servidores em cargos de secretários de estado, diretores de órgãos ligados ao governo estadual e representações do estado.

Até o dia 30 de dezembro todos os servidores contratados em cargo de confiança/comissionados pela atual administração serão exonerados para que as contas do governo sejam repassadas com redução ao governador eleito Gladson Cameli.

Dos servidores exonerados, 34 ocupavam cargo com salário referente à CEC 1, no valor de R$ 1,3 mil. Outros 50 que com CEC 2 recebiam pouco mais de R$ 2 mil e 44 servidores recebiam R$ 2,7 mil, com CEC 3.

Ainda de acordo com a publicação, 42 comissionados tinham salário no valor de R$ 3,8 mil, com CEC 4, mais 31 servidores recebiam R$ 5,4 mil com a CEC 5 e outros 13 tinham remuneração de R$ 6,7 mil com CEC 6. Dois servidores recebiam CEC 7 no valor de R$ 10,3 mil.

Seis comissionados tinham salário de R$ 954 com a CCI. E na publicação tem ainda o cargo de ouvidor, com um servidor ganhando quase R$ 9 mil, dois diretores executivos com salário de R$ 15,9 mil, dois coordenadores de planejamento que recebiam R$ 11,9 mil e um assessor de execução de projetos também com salário de R$ 11,9 mil.

Até o termino do mandato o governador Sebastião Viana exonerará servidores em cargo de confiança, com salários acima de R$ 19 mil.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS