Rio Branco,

Corpo de jovem interrogado pelo tribunal do crime é encontrado pela família em área de mata no Esperança

o crime não perdoa

Por Por Lilian Camargo, da Redação Ecos da Notícia

Foi através de uma denúncia anônima que familiares de Ilgner Dantas encontraram o corpo enterrado em uma cova rasa, amarrado, amordaçado e com marcas de tiros, perfurações a faca e pauladas

Publicidade

A família recebeu a informação da localização do corpo de Ilgner Dantas Cardoso, de 23 anos através de denúncia anônima, e repassou as informações a polícia.

De acordo com informações de um parente da vítima, a família ficou aguardando a ida da polícia ao local, como isso não aconteceu eles decidiram ir e encontraram a cova rasa e acionaram a Polícia Militar.

Corpo foi encontrado em uma cova rasa com sinais de tortura, tiros e facadas.

O corpo foi localizado e já removido para o Instituto Médico Legal (IML), em uma área de mata localizada na Rua Montreal do bairro Esperança III.

 

O corpo estava em uma cova rasa amarrado, amordaçado com a própria camisa que usava e com sinais de perfuração feita por tiro, arma branca e paulada.

 

Ilgner estava desaparecido desde o último domingo (25), quando saiu de casa no Portal da Amazônia com um homem e não mais retornou.

Na segunda-feira (26), a mãe, Ana Paula, recebeu um vídeo que dava conta de que ele teria sido capturado por uma facção criminosa e brutalmente assassinado ainda sem motivação prévia. A mãe chegou a fazer um apelo nas redes sociais para que entregassem a localização do Corpo do filho pra que ela pode-se sepultar e na manhã desta quarta-feira (28), através de denúncia anônima o corpo foi localizado.

 

Para o resgate foram necessários uma equipe do Corpo de Bombeiros e o local em seguida passou por perícia. O corpo foi levado a base do Instituto Médico Legal (IML), e o delegado da homicídio, Remulo Diniz, deverá se pronunciar sobre o caso ainda hoje


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade