28 setembro 2021 6:37 am
23 C
Rio Branco
28 setembro 2021 6:37 am

Acreana conquista 2º lugar na categoria Amador do Monstar Games 18: “Fiz o meu melhor”

- Publicidade-

Uma preparação intensa desde o início do ano foi recompensada com o segundo lugar para a acreana Patricia Fattah na categoria amador feminino do Monstar Games 18, realizado neste fim de semana, na cidade do Rio de Janeiro.

Mesmo sentindo dores na região lombar durante os três dias de competição – dores que surgiram duas semanas antes da disputa –, a atleta de 31 anos superou as adversárias e subiu ao pódio depois de sete provas e um desempenho de recuperação. Terminou em 15º lugar no primeiro dia, subiu para sexto no segundo dia e finalizou com a segunda colocação.

Patrícia Fattah, do RB Crossfit, é vice-campeã na categoria amador feminino no Monstar Games 18, no RJ — Foto: Reprodução/Instagram Monstargames
Patrícia Fattah, do RB Crossfit, é vice-campeã na categoria amador feminino no Monstar Games 18, no RJ — Foto: Reprodução/Instagram Monstargames

– A preparação para essa competição começou desde o início do ano com meu Coach Samir, decidimos quais seriam as competições que eu participaria e o Monstar foi uma de minhas prioridades. Duas semanas antes de viajar comecei a sentir muita dor na região lombar, principalmente quando fazia agachamentos. Tive que redobrar meu cuidado para não me lesionar e procurei meu fisioterapeuta Leyf Barros para conseguir competir – conta.

Patrícia afirma que as dificuldades encontradas durante as provas foram inúmeras, ampliadas por causa das dores que sentia. Ela conta que chegou a pensar em desistir, no entanto, lembrou que tinha algo a mais como motivação para concluir a competição.

– No primeiro dia aconteceram vários imprevistos, errei o percurso da corrida na primeira prova e na terceira prova do dia pensei em desistir, pois quase não estava conseguindo fazer o movimento de tanta dor na região lombar. Mas não desisti, pensei o quão difícil era estar ali e em todas as pessoas que estavam torcendo por mim, principalmente meus filhos, esposo e amigos. Fiz o meu melhor e conseguir ganhar o vice-campeonato em uma competição nacional em uma categoria intermediária – comemora.

Outra acreana que participou da competição na capital fluminense, Márcia Andreia ficou com a quinta colocação na mesma categoria. Foi a primeira participação dela em um evento nacional. Sthefanie Andrade, também do Acre, competiu na categoria Scaled feminina, mas não ficou entre as melhores classificadas.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS