Rio Branco,

aaa

“Temos que dar um pé na bunda do 13 e dos comunistas”, diz Bolsonaro no Acre

da redação ecos da notícia
- Publicidade-

Foto/Reprodução

Após receber uma recepção calorosa em sua chegada ao aeroporto de Rio Branco na tarde deste sábado (1), com direito a ser carregado nos braços por simpatizantes de sua candidatura, Bolsonaro seguiu em carreata até o centro da capital acreana onde discursou em cima de um trio elétrico em frente ao Palácio Rio Branco.

Em um duro discurso, Bolsonato não poupou críticas contra o Partido dos Trabalhadores, sigla que governa o Acre há quase 20 anos. O presidenciável do PSL chegou a afirmar que “13” é um número do “capeta”.

“Treze é o número do capeta. Esse capeta que não respeita a família brasileira, que não respeita as religiões, que quer perverter nossos filhos em salas de aula. Esse número 13 quer transformar o Brasil numa Venezuela. Vamos dar um pé no trazeiros do 13. Vamos chutar a bunda dos comunistas do Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Bolsonaro lembrou que o Brasil é um país rico, que tem tudo para ser uma grande nação e precisa da confiança do povo brasileiro para poder mudar o atual cenário político-econômico do país.

“Nenhuma outro país tem as riquezas ambientais que temos. Temos um país tudo para sermos uma grande nação e só precisamos de uma coisa de vocês: a confiança em nosso trabalho. Temos que votar em pessoas comprometidas com o povo e não com ideologias estranhas a nossa liberdade. ”, disse. Com informações da Folhadoacre.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS