Rio Branco,

aaa

Historiadora Fátima Almeida reflete sobre Jair Bolsonaro, Lula e o “Pretrolão”

- Publicidade-

Eu nunca vi uma artilharia tão pesada encima de um candidato. É mata mata. Usam tudo que o homem fala até quando diz que usa o auxílio moradia para comer gente tão óbvio que foi ironia..a pesquisa do MP de SP que em cada 3 crianças que caem nos delinquência, duas são criadas só por mães e avós é uma estatística. Barack Obama também falou isso que as chances de jovens entrarem no crime são 5 vezes maior em lares sem pai( 2008).De dados estatísticos, em meio às camadas pobres, fazem um vendaval…Bom, Haddad é um príncipe da USP, a melhor Universidade da América Latina, é como FHC, fala várias línguas. Lula, operário, sem um dedo, jamais ganhou quando ele, FHC, foi candidato, que aliás, está com Haddad..Logo, um capitão que tem pavio curto, longe anos luz das Universidades, que denota ranço contra as esquerdas é ralé para eles.. Imaginem, o cara fica fazendo mímica com metralhadora imaginária, provoca, atiça, afronta essas pessoas todas politicamente corretas, pediu pra ser morto. Se Bolsonaro cometeu crime de racismo, homofobia, agressão moral à mulheres por que não levam ele às barras da justiça? Seria mais apropriado. Só que essas eleições para presidente saíram do controle. O PT faz o que bem entende, desacredita o. Judiciário frente o país inteiro afirmando o tempo todo que a prisão de Lula é ilegal. Faz o povão pensar que Lula é candidato, que ele está voltando. E faz a todos nós de idiotas, que assistimos nos últimos anos os escândalos do mensalão, do petrolão, Delúbio preso, Genoíno preso, Dirceu preso, Vaccari Neto, Palocci, Cabral, toda a diretoria da Petrobrás, Marcelo Odebrecht, o próprio Lula…presos…e temos que votar neles, assim, sem nos darem nenhuma pílula do esquecimento? Vejo gente aqui que chorou por Mariana, por exemplo, mas está apoiando o PT que era governo e foi avisado por Marina! Mas não vota nela.Como explicar isso? Meu único receio é que tudo isso vá dar em merda muito grande. Mesmo depois das eleições, seja lá quem ganhe, esse inferno vai continuar.

Fátima Almeida é historiadora e professora aposentada.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS