Rio Branco,

aaa

Em vídeo gravado na UTI, Bolsonaro manda mensagem a apoiadores

do ecos da notícia
- Publicidade-

Em um vídeo gravado na Santa Casa de Juiz de Fora (MG) e divulgado em rede social na madrugada desta sexta-feira (7) pelo senador Magno Malta (PR), o candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro aparece falando pela primeira vez desde o ataque de quinta (6). Ele diz que nunca fez mal a ninguém e que se preparava para os riscos da campanha eleitoral.

“Até o momento, Deus quis assim. Eu me preparava para um momento como esse porque você corre riscos. Mas, de vez em quando, a gente duvida, né! Será que o ser humano é tão mau assim? Nunca fiz mal a ninguém”, afirmou Bolsonaro.

Magno Malta aparece acompanhado dos filhos de Bolsonaro. No início do vídeo, o grupo orou. O candidato do PSL aparece deitado num leito da UTI. Ele está acordado e lúcido, mas a voz é fraca e baixa.

Bolsonaro agradeceu a Deus, à família, à equipe médica que “impediu que o pior acontecesse”, e falou sobre o momento em que foi esfaqueado. “Senti apenas uma pancada na boca do estômago”. E acrescentou: “A dor era insuportável. Parecia que tinha algo mais grave acontecendo”.

O presidenciável agradeceu a equipe que o atendeu no hospital. “Quero agradecer a Deus por este momento. Somos mortais. Quero agradecer também aos médicos e enfermeiros, que me viram desde o começo. Estava muito preocupado, parecia apenas uma pancada na boca do estômago. Já levei uma bolada no futebol. A dor era insuportável. Parecia que tinha algo mais grave acontecendo. Essa equipe maravilhosa, abençoada, evitou que o mal maior acontecesse. Em nome deles, meu muito obrigado aos médicos, enfermeiros, por todo o Brasil”, afirmou.

Bolsonaro falou sobre a campanha e o ataque inesperado. “Todos nós temos uma missão aqui na Terra e a missão será cumprida por mim e você Magno”.

Ele falou também sobre a importãnica da família. “A questão da família tem Deus e depois tem a família, e a família, com todo respeito aos profissionais, é importantíssima porque nesse momento é no que a gente pensa em primeiro lugar. O que nós podemos juntos é fazer e se garantir. Nesse momento em que meus filhos estão aqui, agradeço a vocês que estão aqui, minha esposa que está chegando. Obrigado Brasil. Estamos juntos!”

Bolsonaro lamentou não poder ir nesta quinta ao Rio, para o desfile de 7 de setembro. “Nesse dia, às vésperas do 7 de Setembro, infelizmente não vou poder comparecer amanhã (hoje) à Presidente Vargas, para o desfile do 7 de Setembro. Mas estamos com coração e mente, sempre tendo um Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”. Com informações do G1.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS