Rio Branco,

aaa

Chileno agredido por corintianos teve pernas e braços quebrados

da redação
- Publicidade-

Dois torcedores chilenos agredidos após a eliminação do Corinthians da disputa pela Taça Libertadores da América seguem internados nesta segunda-feira (3), informou o SP2. Um deles teve traumatismo craniano e paralisia, e, o outro, fraturas na perna e no braço.

Na quarta-feira (29), o Corinthians venceu o Colo-Colo na Arena, na Zona Leste da cidade de São Paulo, mas faltou um gol para passar das oitavas de final. Após a partida, torcedores corintianos armaram uma emboscada aos torcedores chilenos nas imediações da estação Itaquera do Metrô.

Rubem Vargas, 32 anos, teve a perna direita quebrada em dois lugares e uma fratura no braço esquerdo. “Ele está com muita dor, imobilizado e não poderá caminhar por três meses. Estamos vendo como vamos levá-lo de volta ao Chile”, disse Cláudia Campos, esposa do torcedor, que chegou ao Brasil nesta segunda.

Outro torcedor chileno de 31 anos está no hospital Santa Marcelina, após sofrer traumatismo craniano. Parentes contaram que o rapaz tem dificuldades para falar e está com o lado esquerdo do corpo paralisado.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS