Capa

Esquerda e direita no Brasil é só uma questão de virar a cabeça para um lado ou para o outro.



Tenho amigas revoltadas com a volta da TFP..tradição, família e propriedade que apoiou os governos militares. Se forem ver os livros didáticos de História verão que não abordam o tema patriarcado. Se forem ver a pedagogia infantil também não. Além disso, a aliança com pastores, deputados construindo igrejas lindas em ramais com dinheiro que não é deles, deu mais força para o fundamentalismo que é o próprio patriarcado. O PT no Acre também é patriarcal e muitos homens de esquerda são perseguidores e misóginos. Bolsonaro, em 2010, apresentou projeto para que fosse dada segurança as mulheres que denunciam abuso e violência dos maridos e a esquerda não apoiou, porque o projeto veio de um militar. E na educação, que mantiveram aquela coisa de ” todos São iguais “? Eu asseguro a vocês que os filhos de trabalhadores que não têm revistas em casa, o único livro é a bíblia, têm mínimas chances de chegar ao ensino superior que aqueles de classe média cujos país lêem. É assim que o tal analfabetismo funcional se perpetua. Não dão atenção redobrada aos alunos das camadas mais baixas. E oficinas de artes, Teatro, cinema, instrumentos musicais? No have. Falam em ensino integral mas é o mesmo modelo de formar para o mercado de trabalho, ou seja, mão de obra qualificada. .. Esquerda e direita no Brasil é só uma questão de virar a cabeça para um lado ou para o outro. Agora, Ignez é morta.

Fátima Almeida é Historiadora e professora aposentada


Notícias Relacionadas