Connect with us

polícia

Argentino suspeito de matar mulher grávida de 6 meses em RR é preso no Acre

Publicado

em

Foto: Alexandre Lima/Arquivo Pessoal

Suspeito de matar a mulher grávida de seis meses na cidade de Boa Vista, em Roraima, o argentino Daniel Nestor Gusman, de 32 anos, foi preso na quarta-feira (13) por agentes da Polícia Federal no Acre (PF-AC).

O homem foi detido no Posto de Imigração de Assis Brasil, quando tentava entrar no estado pela fronteira com o Peru.

A mulher de Gusman, a venezuelana Betzabeth Miguelina Adam Daza, de 23 anos, foi morta em julho deste ano na zona rural de Boa Vista. Grávida de seis meses, a vítima foi enterrada em uma cova rasa, no quintal da casa onde moravam.

O argentino foi encaminhado para a Delegacia de Epitaciolândia, no interior do Acre, onde foi ouvido pelo delegado Karlesso Nespoli, responsável pelo caso, e negou o crime.

“Ele estava vindo do Peru para entrar em território nacional e, quando passou no posto policial para dar a entrada, os agentes fizeram a consulta que é de praxe e constataram que havia um mandado de prisão oriundo da Comarca de Roraima por crime de homicídio, o feminicídio. Não sei de que forma ele a matou, pois não tive acesso”, explica.

A pedido da polícia de Roraima, o delegado interrogou o suspeito. O homem teria dito às pessoas que ela tinha ido embora para a Venezuela. Depois disso, ele saiu de Boa Vista e seguiu para as cidades de Manaus (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco, Brasileia, Assis Brasil e Peru. Mas, ao retornar do país vizinho para o Acre foi encontrado o mandado.

Após ser ouvido, Guszman foi encaminhado para o presídio Francisco d’Oliveira Conde, em Rio Branco. O delegado informou que o suspeito vai ficar preso até que haja o pedido de transferência para o estado de Roraima, onde o argentino deve ser julgado.

“Ele vai aguardar o pronunciamento da Justiça de Roraima. Ele alegou que não foi ele, que poderia ter sido um ex-marido dela. Mas, conforme a delegada da Delegacia da Mulher, as provas contra ele estão bem contundentes tento em vista que ele fugiu do local, mentiu para os vizinhos e testemunhas”, destaca.

Continue lendo

polícia

PM apreende seis armas de fogo, munições e entorpecentes em um dia em Rio Branco

Publicado

em

Da Redação Ecos da Notícia/Ascom PMAC
Policiais militares que atuam na capital apreenderam  seis armas de fogo, além de munições de diferentes calibres e substâncias entorpecentes, em ações realizadas em áreas distintas da capital.
Segundo informações policiais as apreensões ocorreram nos bairros Santa Inês, Belo Jardim, Adalberto Sena, Rui Lino. Na ocasião os policiais apreenderam duas pistolas, duas escopetas e dois revólveres, além de munições de diversos calibres, e entorpecentes aparentando ser maconha, cocaína e crack.
Todas as apreensões foram encaminhadas as delegacias especializadas, para que fossem tomadas as providências cabíveis aos fatos.

Continue lendo

polícia

PM inicia Operação Papai Noel

Publicado

em

Redação Ecos da Notícia/Ascom PM
O comando da Polícia Militar do Acre (PMAC) realizou na manhã de sexta-feira, 16 de novembro, no Calçadão da Benjamin Constant, o lançamento da primeira fase da Operação Papai Noel.
A Operação Papai Noel tem por objetivo aumentar e intensificar o policiamento ostensivo na capital e interior do estado, coibindo e prevenindo ações delituosas.
O Comandante-Geral da PM, Coronel Marcos Kinpara, falou sobre o desenvolvimento da operação.
“A Polícia Militar está nas ruas constantemente, atuando com empenho em proteger a sociedade,  a Operação Papai Noel é um reforço no policiamento empregado diariamente.” Finalizou o comandante.

Continue lendo

polícia

Presidiário monitorado e dois comparsas são presos pela ROTAM por tráfico de drogas

Publicado

em

Redação Ecos da Notícia

Laboratório de refino de cocaína foi montado na casa de presidiário monitorado

Trio preso suspeito de tráfico de drogas e líder é presidiário monitorado por tornozeleira. Foto/ Ecos da Notícia

Se a ordem é não sair de casa o presidiário monitorado por tornozeleira Washington Feitosa Germano seguiu à risca, mas esqueceu do mais importante, que é não voltar ao crime.

Na noite de quinta-feira (15), uma guarnição da ROTAM recebeu uma denúncia anônima dando conta, que em uma residência na rua Santos Dumont no bairro Aeroporto Velho, alguns homens estariam fazendo refino de cocaína.

No endereço citado pelo denunciante os policiais militares flagraram o presidiário monitorado por tornozeleira Washington Feitosa Germano, dono da casa e dois comparsas identificados pelos nomes de Gustavo Falcão de Oliveira e Auriano Almeida da Silva que estariam fazendo o refino de cocaína e preparando embalagens com o entorpecente.

Segundo informações na garagem da casa estava guardado um veículo modelo Corolla, que o proprietário alegou não ser de propriedade dele e que uma pessoa desconhecida pediu para guardar na garagem.

No interior da residência foram apreendidos meio qui8lo de cocaína, cerca de 50 gramas de pasta base de cocaína, insumos para embalagens e produtos químicos que foram adicionados ao entorpecente.

O trio, droga e carro foram levados para a Delegacia de Flagrantes – DEFLA para os procedimentos necessários.

 

Continue lendo

Trending

Portal de notícias do Acre | Diretor e Redator - Lenilda Cavalcante FENAJ 084 | Copyright © 2006-2018 ECOS DA NOTÍCIA - Todos os direitos reservados.