23 outubro 2021 10:55 pm
27.3 C
Rio Branco
23 outubro 2021 10:55 pm

Tiro que matou estudante de 11 anos saiu de fuzil do BOPE, aponta perícia

marcos dione, do ecos da notícia
(Foto: Arquivo pessoal)
- Publicidade-

Maria Cauane da Silva, 11 anos, foi morta com um tiro de fuzil disparado por um policial do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). É o que aponta o laudo elaborado pela perícia criminal. O fato ocorreu na noite do dia 14 de maio, no bairro Preventório, em Rio Branco. Na ação, Edmilson Fernandes e Cleiton Borges também foram mortos.

A estudante estava dentro de casa e morreu com um tiro no tórax. Na época, a PM afirmou que estava acontecendo um confronto entre facções rivais naquela região. Quando a guarnição chegou ao local acionou o reforço. No total, pelo menos 20 policiais participaram da ação. Quatro pessoas foram presas, duas delas também foram baleadas.

O laudo pericial foi anexado ao inquérito da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). No documento consta ainda o número do armamento e o nome do policial militar. Com informações da TV5.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS