Rio Branco,

aaa

Detentos estocaram alimentos em presídios antes de iniciar ‘greve de fome’

da redação ecos da notícia
- Publicidade-

Os detentos do Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco, que iniciaram “greve de fome” na segunda-feira (13) estão se alimentando. De acordo com o site Ac24horas, os presos possuem alimentos estocados em dispensas improvisadas dentro dos presídios da capital e interior.

Os alimentos, conforme informou a direção da unidade, são levados pelos familiares dos presos durante as visitas. Ele diz ainda que o que os detentos buscam com a suposta greve são regalias, o que foge da realidade do que o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) pode oferecer.

“Eles recusam o que oferecemos (café, almoço e janta), mas se mantém com o que recebem da família. O que eles pedem, em sua maioria, são regalias que o sistema não nos permite ceder, somente podemos fazer o que é permitido por lei”, disse o diretor Jackson Loureiro.
Vale ressaltar que as refeições negadas pelos presos estão sendo doadas a casas de recuperação e famílias carentes. A greve continua em seis presídios do Acre. Ontem (15) um grupo de mulheres fechou a Avenida Ceará numa manifestação pelo retorno das visitas semanais.
- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS