Rio Branco,

aaa

Coronel Ulysses volta atrás, negará acordo milionário e continuará candidato

da redação ecos da notícia
- Publicidade-

Foto-Divulgação

O Coronel Ulysses Araújo deve anunciar nesta sexta-feira (3) que segue com a candidatura ao governo do Acre. A informação é do site AcJornal. O militar também deve negar o suposto acordo de R$ 5 milhões com Gladson Cameli, que teria envolvido ainda uma suplência de senador.

Com o bombardeio de críticas após o anúncio da desistência, o coronel teria sido alvo de pressões internas no Partido Social Liberal (PSL), o que o teriam feito voltar atrás. Como a verba do PSL é mínima, Ulysses teria se disposto a bancar a campanha com recursos próprios.

Na intenção de desviar a atenção da imprensa, ainda na noite de quinta (2), o PSL vazou áudios em grupos de Whatsapp pondo o vereador e ex-deputado N. Lima candidato a governador. O parlamentar é militar da reserva e segue as ideias do presidenciável Jair Bolsonaro.

Vale ressaltar, que desde quando foi noticiada a desistência da candidatura de Ulysses Araújo, o mesmo não atendeu nenhum jornalista. Todas as ligações feitas ao telefone do político são direcionadas à caixa postal.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS