Rio Branco,

aaa

“A dor chega a ser insuportável”, diz tia de estudante encontrado morto dentro de poço

marcos dione, do ecos da notícia
- Publicidade-

Foto 1-Arquivo Pessoal-Foto 2-Ecos da Notícia

O corpo encontrado na tarde desta terça-feira (7) dentro de um poço na Travessa São Paulo, localizada no bairro Taquari, em Rio Branco, foi identificado como sendo do estudante Vitor Vieira de Lima, 18 anos. O jovem morava no mesmo bairro onde foi encontrado morto, e estava desaparecido desde o último domingo (6), quando saiu de casa com duas amigas para ir ao encerramento da Expoacre 2018.

Ao Ecos da Notícia, o Centro Integrado em Segurança Pública (Ciosp) informou que foram os populares que encontraram o cadáver e acionaram uma guarnição da Polícia Militar por meio do telefone 190. O corpo de Vitor já estava em avançado estado de decomposição, apresentava várias perfurações e estava com as mãos amarradas com uma corda. Familiares da vítima estiveram no local e o reconheceram.

Foto-Ecos da Notícia

No Facebook, Helô Lopes, tia de Vitor, lamentou a morte do sobrinho.”Infelizmente apagaram o seu sorriso, fecharam os seus olhos precocemente. A dor chega a ser insuportável, sufocante, as lágrimas parece sem fim. Você não voltou da sua primeira e última festa como de maior de idade e nunca mais vai chegar com o seu sorriso de menino bobo. Amor da tia eu te amo tanto meu filho”, escreveu.

Amigas desaparecidas

Fotos-Arquivo Pessoal

As estudantes Isabele Silva Lima, 13 anos, e Amanda Gomes de Souza, 14 anos, ainda não foram encontradas. As duas meninas saíram com Vitor para ir à Expoacre e desde então não foram mais vítimas. Familiares e amigos de Isabele e Amanda fecharam a Via Chico Mendes em protesto cobrando que a polícia investigue o desaparecimento delas. O receio é de que as meninas também tenham sido assassinadas.

Qualquer informação pode ser passada à polícia.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS