“Eu peço paz”, escreveu estudante no Facebook dias antes de ser encontrada morta


marcos dione, do ecos da notícia

Foto-Arquivo Pessoal

O corpo de Isabelle Silva Lima, 13 anos, foi encontrado na tarde desta quinta-feira (9) em estado avançado de decomposição numa área de vegetação na Chácara Santa Bruna, que fica na Rua Baguari, localizada no bairro Taquari, em Rio Branco. Um irmão da estudante esteve no local e fez o reconhecimento.



Ao Ecos da Notícia, o perito Weverton Nascimento afirmou que a vítima tinha marcas de perfurações nas costas e no pescoço. “Um parente esteve aqui e reconheceu, mas vamos fazer a identificação oficial no IML. Foram várias perfurações, nas costas e no pescoço, mas ainda  vamos analisar com mais cuidado”, disse.

Foto-Ecos da Notícia

Isabelle é uma dos três estudantes que desapareceram no último domingo (5) após irem ao encerramento da Expoacre. Vitor Vieira foi encontrado morto na terça (7) dentro de um poço em um terreno baldio no mesmo bairro. A terceira desaparecida é Amanda Gomes de Souza, 14 anos, que ainda não foi encontrada.

Uma semana antes de desaparecer e ser encontra morta, a adolescente postou uma mensagem no perfil social que mantinha no Facebook pedindo paz. “Eu peço paz se não for pedir de mais”, publicou a estudante.

Além de frequentar a escola, Isabelle era Bombeiro Mirim, pois tinha sido aprovada no curso promovido pelo Corpo de Bombeiros. No curso, os alunos aprendem noções de prevenção contra incêndio, primeiros socorros em acidentes, cuidados para a sua preservação e a prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas.

Após ser submetido aos procedimentos necessários na sede do Instituto Médico Legal (IML), o corpo deve ser liberado para a família realizar o velório e sepultamento. O caso segue sob investigação por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia não descarta a hipótese de crime passional.


Notícias Relacionadas