Rio Branco,

aaa

No Acre, policiais envolvidos com facções são investigados e devem ser demitidos

da redação ecos da notícia
- Publicidade-

O comandante-geral da Polícia Militar do Acre (PM/AC) confirmou nesta quinta-feira (12) que existem policiais que agem em conjunto com facções criminosas. O governador Tião Viana (PT), disse que agentes da Polícia Civil também são suspeitos de terem envolvimento com facções.

A confirmação do que muitos já suspeitavam aconteceu durante uma coletiva de imprensa. Marcos Kinpara, comandante da PM, esclareceu que os policiais estão sob investigação da corregedoria. O Ministério Público estaria auxiliando a corregedoria da instituição nessas investigações.

“Esse trabalho já está sendo feito. Temos policiais investigados, em parceria com a corregedoria da Polícia Militar e com o Ministério Público do Acre (MPAC). Assim que [o envolvimento] for comprovado, eles também serão demitidos. Já estão sendo monitorados”, disse Kinpara.

O comandante da instituição voltou a citar que temos a Polícia Militar mais honesta do país. “A Polícia Militar do Acre é a mais honesta do Brasil, e nós não aceitamos nenhum tipo de desvio de conduta”, concluiu.

Agentes Penitenciários

Tião Viana, governador, anunciou a demissão ainda este ano, de pelo menos 25 agentes penitenciários que estariam tendo “desvio de conduta”. Por outro lado, o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapen) emitiu uma nota desmentindo a declaração feita pelo chefe do executivo.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS