Rio Branco,

aaa

Mesmo com polícia nas ruas, ações criminosas deixam 2 mortos e 7 feridos em apenas uma noite

Da Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Foto-Ecos da Notícia

Mesmo com as forças de segurança pública nas ruas fazendo uma mega operação, a onda de violência continua numa crescente em Rio Branco. Somente na noite de segunda-feira (23), foram registradas 7 tentativas e 2 homicídios na capital acreana. Maior parte dos crimes foi praticada por motociclistas armados com pistolas calibre 9 milímetros.

No conjunto habitacional Cidade do Povo, dois jovens foram baleados, um deles com um tiro no rosto, e outro com um tiro na perna. A informação repassada ao Ecos da Notícia, é de que uma terceira vítima ferida correu e acabou não sendo atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Foto-Marcos Dione-Ecos da Notícia

Na região da Baixada da Sobral, uma mulher identificada como Maria do Socorro, 42 anos, foi baleada com um tiro numa das mãos. Pouco tempo depois, no bairro João Eduardo II, que fica na mesma região, um adolescente de 17 anos foi executado com 7 tiros. A irmã dele, uma menina de 15 anos, também foi ferida, mas sem gravidade.

Outras duas ações criminosas ocorreram no bairro Conquista, onde dois irmãos foram baleados, e na Vila Betel, onde a dupla de motociclistas tentou matar um homem com vários disparos. Marcos José Gomes Carneiro, 34 anos, foi atingido com três tiros no peito. Ele deu entrada no Pronto Socorro em estado grave.

Foto-Ecos da Notícia

No bairro Ayrton Senna, um homem foi executado com quatro tiros na cabeça, em um barranco às margens do Rio Acre. Apesar do grande efetivo de policiais nas ruas, nenhum suspeito de envolvimento nos crimes foi preso. Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram nos locais onde os fatos aconteceram coletando as primeiras informações para a posterior investigação.

Foto-Ecos da Notícia

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS