Rio Branco,

aaa

Força Nacional veio ao Acre para fazer curso e não policiamento, afirma secretário

Marcos Dione, do ecos da notícia
- Publicidade-

Fotos-Reprodução

A Força Nacional veio ao Acre para fazer treinamento, e não para atuar no policiamento. A informação foi dada nesta sexta-feira (20) pelo secretário segurança pública do Acre, Vanderlei Thomas, que esclareceu que a atividade já estava agendada e, segundo ele, não tem nenhuma ligação com a Operação Fronteira Segura anunciada pelo governo federal em 9 estados localizados em região de fronteira.

“A chegada, na noite de ontem, de um efetivo de 24 homens e 14 viaturas da Força Nacional é para atender a realização de um curso que será ministrado para aproximadamente 90 policiais como contrapartida do envio de policiais acreanos que foram cedidos ao longo dos anos para a Força Nacional. A solicitação do curso e a sua tramitação é um processo que está em andamento há meses”, disse.

De acordo com o que foi informado pelo secretário, para a operação foram enviados somente 8 policiais, que devem auxiliar a Polícia Federal nos municípios de Epitaciolândia e Plácido de Castro. A Força Nacional é um programa de cooperação federativa entre União, estados e Distrito Federal criado para prestar apoio aos entes federativos contra o crime e a violência em qualquer ponto do país.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS