Rio Branco,

aaa

“Ele nunca cometeria esse crime”, diz tia de homem linchado após ser acusado de estupro

Marcos Dione, do ecos da notícia
- Publicidade-

Foto 1-Cedida-Foto- 2- Ecos da Notícia

Gabriel Oliveira de Lima, 31 anos, essa é a identificação do homem que foi espancado até a morte na noite de sexta-feira (20) no Distrito Industrial, em Rio Branco. Ele foi acusado de estuprar uma mototaxista, e pode ter sido assassinado inocentemente, é o que os familiares afirmam.

Saiba+ Homem acusado de estuprar mototaxista é espancado até a morte

Assim como o Ecos da Notícia noticiou, Lima, segundo o que foi informado por mototaxistas, teria solicitado uma corrida via rádio, quando a mulher chegou os dois combinaram a corrida do conjunto Tucumã à Estrada do Barro Vermelho, local onde ele teria abusado da mulher.

Um grupo formado por cerce de 50 mototaxistas, após serem informados da situação, teriam indo ao local e iniciado uma busca junto à Polícia Militar, que deixou a área logo depois. Os mototaxistas continuaram e encontraram o suposto estuprador e o espancaram até a morte.

Foto-Ecos da Notícia

A mulher, esta que realmente foi vítima de violência sexual, foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Pronto Socorro, de onde foi transferida à Maternidade Bárbara Heliodora. Ela foi medicada e está sob observação médica.

Uma tia do homem morto disse em entrevista ao G1 na manhã deste sábado (21) que o sobrinho jamais cometeria um estupro. Ela também afirmou que a família está em choque, e vai acompanhar as investigações.

“Não acredito que ele fez isso, nunca cometeria esse crime. Ele foi muito espancado. Os mototaxistas que fizeram isso não são bandidos piores que ele (questionou) Se for comprovado que ele é inocente. É um choque. Eles vão ter que provar isso, provar que foi ele”, disse a mulher.

O caso segue sob investigação da Polícia Civil, mas até o momento nenhuma pessoas que participou do linchamento foi presa. Exames devem ser realizados, afim de comprovar se o homem foi ou não o autor do estupro.

Foto-Ecos da Notícia

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS