Rio Branco,

aaa

Na Semana do Meio Ambiente, Cruzeiro do Sul realiza ações para conscientizar a população

Por Adelcimar Carvalho, G1 AC, Cruzeiro do Sul

Ações visam levar informações quanto ao uso sustentável dos recursos ambientais e da necessidade de conservação dos ambientes aquáticos que existem na região do Vale do Juruá.

- Publicidade-

Uma série de ações estão sendo realizadas em Cruzeiro do Sul para lembrar a Semana Nacional do Meio Ambiente.

A coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Damiana Maciel, destacou que o município está fazendo palestras em escolas, mesas redondas de discussão e panfletagem em escolas, com o objetivo de levar informações quanto ao uso sustentável dos recursos ambientais e da necessidade de conservação dos ambientes aquáticos que existem na região do Vale do Juruá.

Questões como as mudanças climáticas, saúde e questões relacionadas com o meio ambiente fizeram parte das ações.

“Esse trabalho já vem sendo feito pela secretaria com o objetivo de trazer a comunidade para conhecer como é a pequena contribuição que cada um pode dar para termos um ambiente melhor. A comunidade precisa estar junto com a secretaria, na busca por um objetivo comum que é cuidar das nossas águas, cuidar de um manejo adequado dos resíduos sólidos e outras questões”, disse.

O secretário de Meio Ambiente, Everton de Souza, diz que a intenção é garantir as gerações futuras possam ter consciência da importância do meio ambiente.

“Já estamos fazendo campanha de educação ambiental nas escolas e comunidades rurais fortalecendo esse trabalho que visa coibir a degradação do meio ambiente. Para isso acontecer, é preciso que a população cuide de seu lixo, tem que cuidar das áreas verdes da cidade”.

Aluno da Escola Craveiro Costa Genilson Mendes, de 18 anos, falou da necessidade de cuidar da Amazônia.

“Estamos distribuindo esses panfletos para incentivar as pessoas a jogarem o lixo, no lixo. Distribuímos sacolas para que as pessoas não joguem o lixo no meio das ruas. Moramos no meio da amazônia, mas, em vez de preservar essa riqueza que é o maior bem que temos, estamos destruindo pouco a pouco a cada lixo jogado sem nenhuma preocupação”, disse.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS