Rio Branco,

aaa

Dois em cada três americanos acham fumar maconha ‘aceitável’

Noticias ao Minuto

Pesquisa da Gallup, que entrevistou 1.024 pessoas com mais de 18 anos, não questionou se a droga deveria ser legalizada

- Publicidade-

 

Quase dois terços dos americanos consideram que é “moralmente aceitável” fumar maconha, ante 31% que dizem que é “moralmente errado”, segundo pesquisa da Gallup. Esta foi a primeira vez que a Gallup fez essa pergunta, mas outras pesquisas com pergunta similar indicam que os americanos estão mudando sua atitude em relação à maconha.

Em 2013, levantamento do Public Religion Research Institute mostrou que 49% da população dizia que era “moralmente aceitável” fumar maconha, enquanto 40% condenavam a atitude.

A pesquisa da Gallup, que entrevistou 1.024 pessoas com mais de 18 anos, não questionou se a droga deveria ser legalizada, mas um levantamento da empresa no ano passado apontou que a parcela favorável é similar: 64% defendem a legalização e 65% agora acham que o uso é moralmente aceitável.

A ampla maioria dos grupos dos americanos não condena o uso da droga (homens e mulheres, brancos e não brancos, com formação universitária ou não). As únicas exceções são as pessoas que vão à igreja todas as semanas (41% são favoráveis) e os conservadores (47%). No campo da moralidade, a tolerância com a maconha é similar à com ter bebê sem estar casado (65% acham que é moralmente aceitável) e relação gay (67%).

Os EUA já têm 29 estados, mais o Distrito de Colúmbia, em que o consumo da cânabis é liberado para fins médicos; dentre estes, em nove, mais Distrito de Colúmbia, é permitido também o uso recreativo.

A força da opinião pública pode estar levando congressistas a rever suas posições sobre a droga. Além disso, alguns congressistas, em especial democratas, enfrentam pressão para avançar com uma agenda liberal em meio ao governo republicano de Donald Trump.

O senador democrata Chuck Schumer, foi um dos que surpreenderam ao anunciar recentemente que havia mudado de posição e que passaria a apoiar a descriminalização do consumo de maconha em nível federal. Com informações da Folhapress.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS