Rio Branco,

aaa

Vídeo mostra bandido se passando por manobrista do Deck para roubar carro de juiz

ac24horas
- Publicidade-

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra todo o episódio em que um homem se passando por funcionário do Deck Trattoria, o mais novo restaurante italiano de Rio Branco, pega as chaves do carro modelo Honda Civic Touring, de cor branco e placa QLW 8711, de propriedade de um juiz que jantaria no estabelecimento para logo em seguida furtá-lo. O caso ocorreu na noite do último sábado, 19, e foi registrado na Delegacia de Flagrantes (Defla).

O magistrado chega acompanhado de sua esposa às 21h33 no estacionamento do restaurante e demora cerca de 1 minuto para sair do veículo, mas é possível observar que o falso manobrista já cerca o veiculo. Ao sair do carro, o homem ainda não identificado se aproxima do prorietário e pede a chave alegando a necessidade de manobrar o veiculo de uma vaga para outra. Sem exitar, o magistrado entrega a chave e entra na parte interna do restaurante. No Boletim de Ocorrência, a vítima alegou que o homem se passou por um funcionário do restaurante e por isso ele teria entregue as chaves.

Com as chaves em mão, o homem se afasta do veículo. Minutos mais tarde, precisamente às 21h48, durante a forte chuva que atingiu Rio Branco, o homem se aproxima rapidamente e entra no interior do veiculo e o liga. Como o movimento de carros é intenso, ele espera alguns minutos até ter acesso livre para sair com o Honda Civic sem despertar nenhuma suspeita. Às 22h08, ele manobra o carro lentamente para fora do estacionamento e foge até então sem deixar nenhuma pista.

Por meio de comunicado, o Grupo Deck, que gerencia o restaurante, lamentou o fato afirmando que o carro foi furtado por um “bandido que se passava por flanelinha”. “Nos colocamos a inteira disposição do cliente e de sua família para colaborar e ajudar da melhor maneira possível”, informou a empresa.

O Deck infomrou ainda nenhum de seus restaurantes possui serviço de valet (manobrista) nas áreas de estacionamento e que todos os  funcionários são devidamente uniformizados e não são autorizados a fornecer tal serviço.

A reportagem apurou que as saídas de Rio Branco estão sendo monitoradas e que a fronteira do Acre com a Bolívia e o Peru está em alerta. As autoridades suspeitam que o carro ainda esteja em Rio Branco. Até a publicação desta matéria, o carro não foi encontrado.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS