Rio Branco,

aaa

Familiares de jovens mortos em acidente na BR-364 realizam manifestação

Marcos Dione/Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Jovens morreram em acidente/Fotos: Redes Sociais

Familiares e amigos de Gilson Teixeira e Israel Eriston, vítimas de um acidente automobilístico próximo ao Distrito Industrial, farão um manifesto em frente ao Ministério Público na manhã de terça-feira (29). Eles querem que o responsável pela morte dos jovens responda por duplo homicídio aqui no Acre.

Os estudantes seguiam de motocicleta pela BR-364, na manhã do último dia 19, quando foram colhidos em cheio por uma caminhonete que vinha em alta velocidade e na contramão. Um dos jovens morreu na hora, e o outro faleceu no Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Diego Felipe Moraes, que conduzia a caminhonete, passou por uma Audiência de Custódia onde o juiz determinou que ele responda pelos crimes em liberdade até o dia do julgamento, desde que cumpra medidas cautelares. Dentre as medidas, está a proibição dele se ausentar da cidade sem prévia permissão judicial.

Moto e caminhonete envolvidas no acidente/Fotos: Arquivo

Esta semana a defesa de Diego entrou com um pedido na Justiça acreana para que esta permita que ele volte para sua cidade natal, no município de Olho D’Água Grande, localizado no Estado do Alagoas. O pedido deve ser analisado na terça-feira, em meio a revolta dos amigos e familiares de Gilson e Israel.

Após o acidente ele fugiu do local a pé, e ao ser encontrado pela polícia se recusou a fazer o teste do bafômetro. Populares informaram que ele estava visivelmente sob efeito de bebida alcoólica. A manifestação organizada pelos familiares e amigos dos jovens mortos deve acontecer a partir das 8 horas.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS