Rio Branco,

aaa

Em Rio Branco, moradores fecham rua em protesto por retomada de obras no bairro Joafra

Por Iryá Rodrigues, G1 AC, Rio Branco

Revoltados, moradores fecharam a Avenina Edmundo Pinto, nesta terça-feira (8). Eles pedem retorno das obras do programa ‘Ruas do Povo’.

- Publicidade-

Moradores do bairro Joafra fecharam a Avenina Edmundo Pinto, nesta terça-feira (8), reivindicando a continuação das obras no local. Eles afirmam que foi começado um trabalho do Programa Ruas do Povo, há cerca de 8 anos, mas não foi concluído e as obras foram suspensas.

O diretor-técnico do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Anderson Mariano, informou que as obras em todos os bairros de Rio Branco são suspensas durante o inverno. Desde novembro, segundo ele, período que inicia o inverno, as obras estão paradas e são retomadas no final de maio e início de junho.

“O programa é financiado com operação de crédito junto ao governo federal. Então, nosso cronograma de retomada das obras tem vinculação à liberação de recurso por parte do governo federal. No caso do Joafra, já temos contrato para executar as obras, então, a medida em que o verão avançar e tiver a liberação do recurso, vamos retomar as obras”, afirmou Mariano.

O presidente do bairro, Paulo Vitor de Moraes, informou que ao menos 400 famílias vivem no local e que a situação está “complicada” com as obras paradas. Segundo ele, a informação dada aos moradores é que não tem dinheiro terminar o serviço de pavimentação no local.

“Nossa reivindicação é sobre as promessas do Ruas do Povo, que já têm mais de oito anos, e é empresa e mais empresa entrando e nunca termina nada. Agora, teve uma reunião com o Depasa e a vice-presidente do bairro e falaram que não tem o dinheiro de contrapartida, que são os 10% para fazer a obra”, reclamou o presidente.

Moraes afirmou ainda que já é a terceira empresa que ganha licitação para trabalhar nas obras do programa no bairro. “A empresa não tem como entrar, porque não tem dinheiro. O governo acha que não tem dinheiro e estão só enrolando a gente”, concluiu.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS