Rio Branco,

aaa

Com suspeita de fratura, Vanderlei está fora do jogo contra o Manaus-AM

G1

Goleiro do Rio Branco-AC se machuca durante treino desta segunda-feira e é vetado para último jogo do 1º turno da Série D. Suspeita é de lesão na fíbula. Camisa 1 vai passar por exame

- Publicidade-

 

O Rio Branco-AC perdeu uma peça importante para o duelo contra o Manaus-AM, pela terceira rodada do primeiro turno do grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Série D, no domingo (6). O goleiro Vanderlei, titular do Estrelão na campanha do título estadual e do início da quarta divisão, se machucou durante o treino desta segunda-feira, no CT José de Melo, na capital acreana, e está vetado da partida, que vale a liderança da chave.

Segundo informações obtidas pela repórter Lillian Lima, da Rede Amazônica Acre, que estava no CT José de Melo, Vanderlei ficou com o pé preso no gramado ao se posicionar dentro da área e quando se movimentou, acabou sofrendo a lesão.

 Vanderlei, goleiro do Rio Branco-AC, deixa gramado do CT José de Melo apoiado em torcedor e no meia Geovani (Foto: Lillian Lima/Rede Amazônica Acre)

Um dos membros da equipe de fisioterapia do Rio Branco-AC, Rêner Barone, diz que a suspeita é de fratura na fíbula e que o arqueiro será examinado para confirmar a gravidade do problema.

– Como o jogador caiu apoiado com a descarga de peso mecânica muito grande em cima da perna, então há o risco, porque ele dobrou (a região). Isso levaria a pensar numa entorse (de tornozelo). Porém, devido à presença do edema muito acentuado, e alteração da pele em si, a gente está suspeitando de uma fratura de fíbula. Até porque o jogador não consegue fazer a descarga do apoio do peso. Os primeiros procedimentos são levar para fazer um raio-X pra termos um norte do que aconteceu, depois uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Depois que for fechado o diagnóstico, vai ser feita a imobilização desse membro e, consequentemente, depois começar a fisioterapia – explica.

Se confirmada a fratura, o tempo de recuperação ainda não está determinado. Segundo Barone, é preciso levar em conta alguns pontos.

Rêner Barone é membro da equipe de fisioterapia do Rio Branco-AC (Foto: Lillian Lima/Rede Amazônica Acre)

Rêner Barone é membro da equipe de fisioterapia do Rio Branco-AC (Foto: Lillian Lima/Rede Amazônica Acre)

– A idade do Vanderlei pode contar nessa questão de processo de remodelação óssea (goleiro tem 37 anos). Se for uma fissura, por exemplo, vamos ter em média um mês, um mês e meio de tratamento e fisioterapia intensiva – comenta.

+ “Faltou um pouco mais de tesão pra ganhar o jogo”, dispara zagueiro Cris

O Rio Branco-AC é o vice-líder do grupo A1 da Série D com quatro pontos. Na estreia, venceu o Macapá-AP por 3 a 0, fora de casa. Na segunda rodada, empatou com o Baré-RR, no Acre. A partida contra o Manaus-AM, líder da chave, no domingo, será disputada na Arena da Floresta, às 18h (de Brasília)

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS