Rio Branco,

Menino de 10 anos atingido por raio em parquinho no Acre segue na UTI e chora ao lembrar de acidente, diz mãe

Por G1

Gilberto Júnior e a amiga Ana Clara, de 10 anos, foram atingidos por um raio no dia 13 de novembro em um parquinho. Mãe diz que filho pergunta sobre pessoas conhecidas.

Publicidade

Ainda internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Gilberto Júnior, de 10 anos, que foi atingido por um raio no dia 13 de novembro, apresentou melhora e já se comunica com a família. A informação foi confirmada pela mãe da criança, Maria Augusta, nesta segunda-feira (27). Segundo ela, quando perguntam sobre o dia em que estava no parque, a criança começa a chorar.

“Ele não sabe sobre a Ana, ele não viu ela. O médico disse que se ele tiver de lembrar como tudo aconteceu isso vai surgir com o tempo. Quando ele chora, damos um tempo, damos espaço”, conta.

Júnior e Ana Clara, de 10 anos, brincavam em um parquinho no bairro Oscar Passos quando foram atingidos. Ana foi liberada do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) e gravou um vídeo comovente agradecendo as pessoas que fizeram orações por ela.

“Ele está muito melhor, graças a Deus. Ele está falando devagar, ainda ganhando forças, mas está bem. Ele é praticamente outra pessoa do que era a alguns dias, ficou bem ruim, mas esperamos que agora ele só melhore”, destaca a mãe.

Maria diz que Júnior pergunta como estão as pessoas que ele conhece. A mãe diz que a médica informou que ele deve ser transferido para a unidade semi-intensiva.

Alerta

O major Cláudio Falcão, do Corpo de Bombeiros, fez um alerta sobre como se proteger de raios em casos de tempestades.

“Dica número um, nunca ficar desabrigado durante uma tempestade. Se tem queda de raio, se está trovejando, relampejando, a dica é se abrigar dentro de uma residência, prédio ou carro. Jamais ficar próximo de árvore, em piscina, em campos de futebol, em áreas descobertas”, explicou.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade