Rio Branco,

Jovem de 13 anos desaparecida há 5 dias usa Facebook para dizer que sumiu por vontade própria: ‘finjam que morri’

Por G1

Rosiane Oliveira acusa padrasto de abuso. Mãe da adolescente rebate as acusações da filha e diz que ela está ‘inventando história’.

Publicidade

A adolescente Rosiane Oliveira, de 13 anos, que está desaparecida desde a sexta-feira (10), resolveu usar as redes sociais para anunciar que sumiu de casa porque quis. Além disso, na postagem no perfil do Facebook, ela diz que está casada e fora do Acre.

Ela usou o espaço ainda para fazer acusações contra o padrasto. Rosiane diz que era abusada pelo namorado da mãe, a doméstica Raimunda Oliveira. “Se eu colocar a boca no trombone (…) O safado do marido dela [da mãe] sabe o que fazia”, escreveu.

A mãe rebate as acusações da filha. “Ela foi pega no Facebook inventando muita mentira. Ela disse que foi violentada pelo meu marido, mas ela sabe muito bem que isso não é verdade. Eu nem sou casada. Eu tenho um namorado, mas ele nem mora comigo. Minha filha fez isso para me prejudicar”, disse.

Raimunda diz que mantém um relacionamento com um homem há 9 anos, mas eles não moram juntos. “Ele só vai na minha casa quando eu estou em casa”, afirmou a mãe da adolescente.

Ainda de acordo com a mãe, o rapaz com quem a filha diz estar casada pode ser o irmão da amiga que buscou Rosiane em casa na tarde de sexta-feira (10).

A mãe do rapaz, Mayara Nascimento, nega que o filho tenha um relacionamento com a adolescente e diz que entrará com uma ação contra as alegações de Raimunda por causa de vários constrangimentos à família.

A mãe da adolescente acredita que as atitudes da filha podem ser influência de amigos. “Ela tá andando com má companhia. Ontem [terça-feira,14] achei vídeo no celular dela bêbada com uns amigos. Isso antes de sair de casa, num dia que ela deveria estar no curso. Acho que ela saiu de casa por conta desse vídeo e achou que eu não a aceitaria mais em casa”, acredita a mãe.

A doméstica informou ainda que procurou a delegacia novamente para pedir que a polícia consiga encontrar Rosiane. O G1 procurou o delegado Cleylton Videira, da 5ª regional, para prestar informações sobre o andamento do caso, mas, até a publicação desta reportagem, não obteve retorno.

A adolescente, Rosiane Oliveira, estava desaparecida há 5 diasquando saiu de casa para fazer trabalho de escola na casa de uma amiga.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade