Rio Branco,

Homem morto a tiros em bairro de Rio Branco tinha se mudado há pouco tempo, diz mulher

Por G1

Crime aconteceu na noite de quarta-feira (8) em bairro de Rio Branco. Vítima era usuária de droga, contou a família.

A família de Manoel Giovane Neris de Castro, de 46 anos, esteve no Instituto Médico Legal (IML) para a liberar o corpo do homem que foi morto no Conjunto Laélia Alcântara, no bairro Calafate, em Rio Branco, na noite desta quarta-feira (8).

Publicidade

A mulher, que não quis ser identificada, contou que o marido saiu de casa por volta de 21h e não disse onde iria. Ela soube da morte após ver a notícia em um jornal local.

“Ele convivia bem comigo e nossos três filhos. Era um homem bom, mas era usuário de drogas. Não sei se foi ameaçado ou coisa assim. Nós mudamos para o bairro há pouco tempo, não conhecemos ninguém”, relatou.

Ao G1, o delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Rêmulo Diniz, diz que o caso está sendo apurado. Ele conta que a área onde ocorreu o crime é conhecida pela comercialização e uso de drogas.

“Os peritos constataram que ele estava de posse de alguns papelotes de drogas. Vamos apurar se ele estava comprando ou vendendo entorpecentes. Isso tudo é preliminar e ainda vamos fazer as apurações”, finaliza.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade