Rio Branco,

Caminhoneiros bolivianos bloqueiam ponte para pedir atendimento da Receita Federal

Por oaltoacre

Publicidade

Desde às 5 horas da manhã desta segunda-feira, 06, caminhoneiros bolivianos fecharam a ponte da amizade pela segunda vez, que liga Epitaciolândia a Cobija, lado boliviano. A ponte é a única que suporta a passagem de caminhões pesados vindo de ambos os lados mais fronteira.

São dezenas de carretas bolivianas que se encontram no pátio da Receita Federal no lado do Brasileiro, a espera de documentação para poder seguir viajem pelo lado boliviano. Essa é a segunda vez que os caminhoneiros bolivianos fecham a ponte para fazer suas reivindicações.

Os caminhoneiros bolivianos estão reivindicando mais atenção por parte da Receita Federal do município, os manifestantes exigem que a Receita Federal volte a atender de segunda a sexta-feira, assim todo o trâmite de passagem para o lado boliviano ocorreria mais rápido.

De acordo com a Receita Federal, que atendia de segunda a sexta e agora atende apenas 3 dias por semana devido à falta de funcionários para atender as demandas, e que além de trabalharem na fiscalização do contrabando de mercadorias vindo da Bolívia também atendem a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF) com flagrantes.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade