Siga-nos

Aguarde processando...

X

Com foco em coibir crimes, Operação Papai Noel começa nesta terça (14) com reforço de 114 policiais

G1

Demais cidades do estado devem iniciar operação no começo de dezembro

A Operação Papai Noel, da Polícia Militar, inicia nesta terça-feira (14) em Rio Branco. Com o foco em coibir crimes, a ação conta com o reforço de 114 policiais. O Comando de Policiamento Operacional (CPO) I, que faz o policiamento da capital, vai deflagrar a operação até o início de janeiro de 2018. Nas demais cidades do estado, operações semelhantes devem ocorrer no início de dezembro.

Além dos policiais, 29 viaturas vão reforçar o policiamento. A operação ocorre em duas etapas, a primeira inicia nesta terça, com 64 policiais e 21 viaturas, e a segunda inicia em dezembro com mais 50 policiais e mais 8 viaturas.

O tenente-coronel e comandante do CPO, Atahualpa Ribera, disse que as patrulhas vão ser reforçadas nos pontos mais movimentados que dão acesso aos bairros e centros comerciais. Além disso, outras três equipes vão ficar responsáveis por fazer abordagens nos bairros e blitzen.

Ribera acrescenta ainda que mais de oito pontos da cidade terão patrulha preventiva e ostensiva. “Percebemos com análise criminal quais são os locais que costumam ter mais problemas na área de segurança pública. Então, estamos nos antecipando ao problema e colocando patrulha nos locais onde há maior probabilidade de problemas relacionados a crimes”, disse.

Ainda conforme o comandante, a segurança neste final de ano vai contar com um trabalho conjunto com outros órgãos de segurança como Bombeiros, Polícia Civil, Detran, Polícia Federal e o Exército Brasileiro.

“Essas viaturas não estão atendendo as emergências do 190, são viaturas a mais. O serviço emergencial não está prejudicada. Após a operação, a patrulha preventiva deverá permanecer como estratégia de prevenção.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.