Siga-nos

Aguarde processando...

X

Artesãos acreanos devem expor produtos no Peru e governo não descarta acordo internacional

G1

Papa Francisco estará em Porto Maldonado no período de exposição. Itens religiosos em marchetaria e colares em semente serão produzidos como lembrança do momento.

De olho em uma possível passagem do Papa Francisco no Peru em 2018, o governo acreano já se articulou com o país vizinho para que cerca de 20 artesãos acreanos exponham seus produtos no Centro Artesanal Turístico de Porto Maldonado, no Peru.

O evento ocorre entre os dias 16 e 20 de janeiro de 2018. De acordo com a secretária de adjunta de Pequenos Negócios, Silvia Monteiro, a ação marca o início de negociações futuras com o país vizinho no ramo do artesanato.

“Há um planejamento para que no futuro se estabeleça uma nova interação da feira nacional e internacional desses produtos. É o ponta pé inicial para que o comércio possa se fortalecer”, diz.

Serão expostos itens como colares em semente, peças de marchetaria, tecidos, blusas, peças em madeira, entre outros. Segundo Silvia Monteiro, com a visita do papa, artigos religiosos também farão parte da exposição como lembranças da ocasião.

“É um acontecimento planejado para que, na oportunidade em que o papa está lá, no dia 19, o artesanato acreano também esteja presente. Sairão em média 20 artesãos do Acre, com diversos tipos de artesanato. Teremos espaço para apresentar e comercializar”, explica.

A presidente da Federação Acreana de Artesanato, Cezarina França, disse que espera um retorno econômico significativo durante os dias de exposição. “O desenvolvimento dessa parceria é de mostrar o artesanato acreano e dar oportunidade de o artesão divulgar o seu trabalho”, fala.

A equipe de artesãos que vaii participar do evento, segundo Cezarina, será composta por representantes de empreendedores individuais, associações e cooperativas.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.