Siga-nos

Aguarde processando...

X

Após 4 anos de crime, polícia faz exumação de cadáver e investiga homicídio no interior do Acre

G1

Homem foi enterrado por familiares em 2013 antes da chegada da polícia. Exumação foi necessária para obter laudo de morte violenta.

Policiais civis foram até uma propriedade rural no Seringal Novo São João, Colocação Nova Morada, em Sena Madureira, para exumar o cadáver de Antônio Amadeus, morto com um tiro em 2013.

Na época, a vítima foi enterrada pelos familiares devido ao local ser de difícil acesso e a polícia ter demorado a chegar no local. Desde então, a polícia iniciou um processo para que o judiciário liberasse a exumação do corpo para que o caso passasse a ser tratado como homicídio.

O delegado responsável pelo caso, Marcos Franck, disse que o inquérito já foi fechado e encaminhado ao Judiciário. A polícia também já tem um suspeito do crime.

“Na época, fui ao local, mas é de difícil acesso e a família já tinha enterrado a vítima. A exumação é necessária para o processo para qualquer crime que envolva a morte violenta. Por isso, foi necessária e exumação”, explica.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.