Siga-nos

Aguarde processando...

X
Loading...

Delegacia de Atendimento à Mulher registra média de 30 ocorrências semanais de violência doméstica

G1

Em Cruzeiro do Sul, três procedimentos de medidas protetivas são realizados diariamente; em menos de 24h quatro ocorrências foram registradas.

A Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Cruzeiro do Sul tem uma média de 30 ocorrências semanais de violência doméstica registradas. Os dados foram respassados pelo delegado responsável, Luis Tonini.

O delegado disse que os índices são altos e preocupantes para a região. “Isso envolve tudo, ameaças, lesões, enfim, é essa medida de 25 a 30 casos, e isso fora os finais de semana que costumam ter cerca de quatro em média”, falou.

Tonini acrescentou que são realizados pelo menos três medidas protetivas por dia na delegacia. “Isso significa instauração de procedimento, é a metade dos registros. Porque aí instauramos o procedimento, o juiz dá a protetiva e também têm as desistências”, afirmou.

O delegado afirmou que o índice de reincidência é grande na cidade. Além disso, o delegado disse que a maioria dos registros de agressões são os companheiros das vítimas. “Há o registro de pais que agridem, avós, mas, em sua grande maioria, são os companheiros que agridem mesmo e muitas vezes é reincidência”.

Em menos de 24h a delegacia rergistrou quatro ocorrências de violências doméstica, entre a quinta-feira (12) e a sexta (13). Das quatros apenas uma foi entre filho e mãe, as outras todas foram maridos que agrediram as esposas.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.