Siga-nos

Aguarde processando...

X

Procissão para celebrar a padroeira do Brasil reúne mais de 5 mil pessoas em Cruzeiro do Sul

G1

Uma jovem simbolizava a santa homenageada. No encerramento da procissão, Bispo Dom Mosé celebrou uma missão campal.

O homenagem ao 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida em Cruzeiro do Sul reuniu mais de 5 mil fiéis que acompanharam a tradicional procissão, que saiu da Catedral de Nossa Senhora da Glória até a Paróquia de Aparecida.

Foram 5 km percorridos. Já na paróquia, o Bispo Bom Mosé Pontelo celebrou uma missa. Uma jovem simbolizava a santa homenageada. Mais uma vez um grupo de 40 cavaleiros acompanharam o trajeto da procissão.

Apesar dos 81 anos, o aposentado Gilberto da Silva Bomfim não deixa de acompanhar a procissão para celebrar o dia da santa.

“Sou devoto a Nossa senhora e no dia que eu precisar, espero que ela me atenda, pois ela tem poder. Apesar da distância, espero aguentar até o final”, diz.

Cavaleiros acompanharam a procissão em Cruzeiro do Sul  (Foto: Adelcimar Carvalho/G1 )

Cavaleiros acompanharam a procissão em Cruzeiro do Sul (Foto: Adelcimar Carvalho/G1 )

Maria Leni Martins de Souza, de 60 anos, sempre acompanha a procissão com vestido branco e de pés descalço.

“Sou devota de Nossa Senhora Aparecida há muitos anos. Sempre me visto de roupa branca para acompanhar esta procissão. Não é pagamento de promessa. É que confio nela, vejo que ela pode fazer milagres. Quem sabe quando precisar da santa, por ser devota, ela possa me atender”, diz.

O pároco de Aparecida, Inácio Pacheco disse que a procissão foi muito emocionante. “Este ano a procissão foi especial. Estamos comemorando os 300 anos da aparição da santa. Muitos entoavam os cantos com emoção e devoção. Foi muito positiva”, disse.

Uma guarnição da Polícia Militar acompanhou a procissão que teve duração de aproximadamente 1h30 e avaliou que cerca de 6 mil peregrinos acompanharam a homenagem da padroeira do Brasil.

Devota sempre acompanha procissão descalça e vestida de branco  (Foto: Adelcimar Carvalho/G1 )

Devota sempre acompanha procissão descalça e vestida de branco (Foto: Adelcimar Carvalho/G1 )

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.