Siga-nos

Aguarde processando...

X

Polícia investiga se morte de jovem achado em lixão tem envolvimento com a guerra de facções

G1

Corpo de João Vitor Ferreira da Silva, de 18 anos, foi encontrado amarrado e queimado no lixão de Cruzeiro do Sul; delegado diz que corpo tinha sinais de tortura.

A Polícia Civil acredita que a morte de João Vitor Ferreira da Silva, de 18 anos, encontrado na tarde desta terça-feira (10), no lixão de Cruzeiro do Sul, possa ter como motivação a guerra entre facções na região. A vítima estava desaparecida desde a segunda-feira (9) e foi encontrada pelo padastro.

O delegado Lindomar Ventura disse que apesar da diferença entre a arma utilizada, trata-se de uma execução. “É uma execução com requintes de crueldade, o corpo apresenta sinais de tortura, e a vítima foi encontrada amarrada com as mãos para trás e carbonizada, todas as caracteristicas são de execução”, disse.

Ventura falou ainda que os autores do crime ainda não foram identificados mas que a polícia segue investigando. “Avançamos muito com as investigações, com todas as situações que acontecem nós já temos uma estratégia de investigação e trabalhamos com essa hipótese de facção criminosa”, afirmou.

O delegado acrescentou ainda que não há informações se o jovem já tinha alguma passagem pela polícia.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.