Siga-nos

Aguarde processando...

X
Loading...

10 dos lugares mais aterrorizantes do mundo que nem mesmo os mais valentes se atreveriam a andar

zipnoticias

Outubro é o mês do terror e muitas pessoas acabam querendo visitar uma ou duas casas assombradas antes do Dia das Bruxas. Para muitos, esse dia é a única noite do ano em que o véu desaparece entre os vivos e os mortos. Hoje, nós trazemos os lugares mais aterradores que nem mesmo os mais valentes se atrevem a visitar.

Confira:

1- Capela dos ossos, Portugal:  Os restos de mais de 5.000 monges formam esta capela.

2- Floresta de suicídios, Japão: A floresta de Aokigahara, na base do Monte Fuji , testemunhou mais de 500 suicídios desde a década de 1950.

3- Cemitério judeu, Praga: Por mais de 300 anos, foi o único lugar permitido para enterrar judeus, por isso não é surpreendente que as tumbas se acumulem dessa maneira. Eles enterraram até uma pilha de 10 corpos, um em cima do outro, por causa da falta de espaço. A terra não se expandiu o suficiente para abrigar todos os corpos e, embora atualmente possa ver mais de 12.000 lápides, estima-se que mais de 100.000 corpos estejam enterrados em suas terras.

4- Casa Abandonada do Partido Comunista, Bulgária: Assento de decisões importantes, o lar do partido comunista é agora nada além de entulho.

5- Igreja de São Jorge, República Tcheca: Esta igreja foi abandonada em 1968 após o colapso parcial do telhado durante um funeral. As esculturas foram adicionadas pelo artista Jakub Hadrava, tornando a capela um lugar aterrorizante.

6- Ghost Town em Pripyat, Ucrânia: Sua população de quase 50.000 habitantes teve que ser evacuada pelo incidente de Chernobyl. Agora a cidade está totalmente abandonada.

7- Mercado Fetish de Akodessewa, Togo: Os fetiches, talismãs usados na medicina vodu, são o principal produto deste mercado. Todos os praticantes desta “medicina” se encontram no mercado onde você pode encontrar tudo, desde uma cabeça de crocodilo até uma mão de chimpanzé.

8- Centralia, Pensilvânia: Esta cidade mineira foi abandonada após o incêndio nas minas de carvão em 1962. A quantidade de monóxido de carbono no ar foi o motivo da evacuação e o fogo ainda dura. Estima-se que o combustível permaneça por mais 250 anos.

9- Cemitério de Chauchilla, Peru: O clima extremamente seco do Peru manteve esses corpos muito bem preservados. Um show inteiro para ladrões de túneis.

10 – Ilha de Hashima, Japão: Uma ilha criada para dar moradia aos trabalhadores do centro de mineração tornou-se o lar de milhares de pessoas, mas o carvão foi terminado em 1974 e a ilha ficou deserta.

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.