Connect with us

geral

Brasileiro vai correr mais de 5 mil km para cruzar Europa e alertar sobre obesidade

Ultramaratonista nascido em Campinas (SP) vai percorrer nove países europeus, da Noruega à Espanha, a partir de julho.

Publicado

em

Um jovem belgo-brasileiro se prepara para correr 5.300 km, do extremo norte ao extremo sul da Europa, num projeto de conscientização sobre o problema da obesidade.

Nascido em Campinas, no interior de São Paulo, Ralph Mesquita, de 25 anos, se mudou para a Bélgica em 1999 com a família. Até os 20 anos, vivia com sobrepeso.
“Nunca cheguei a ser o que se considera obeso, mas estava no limite. Perdia peso, depois voltava a comer, e engordava novamente. Sempre fiz muito esporte, mas com 20 anos comecei a correr provas e a comer melhor”, diz Mesquita, que atualmente estuda fisioterapia na Bélgica. Ele conta que teve uma avó que morreu em decorrência do excesso de peso, o que ajudou a sensibilizá-lo ainda mais para o problema. “Vi minha avó sofrer por causa da obesidade”, recorda.

Hoje ultramaratonista, Mesquita decidiu lançar a si mesmo o desafio de percorrer milhares de quilômetros de Nordkapp, no extremo norte da Noruega, a Tarifa, ponto mais ao sul da Espanha continental. Quem tiver disposição poderá acompanhar o brasileiro em partes do trajeto, que está detalhado no site do projeto. A viagem tem previsão de durar 75 dias, a partir de 5 de julho. “Todos que quiserem podem correr comigo. Por enquanto, só eu vou correr o percurso todo”, explica.

O ritmo da corrida será moderado, já que num percurso extremamente longo como esse não convém acelerar demais. Serão de 10 a 11 horas correndo por dia, em média, para avançar ao redor de 80 km. “Em alguns dias, vou correr menos para fazer recuperação. Mas não vou parar totalmente, pois somos como uma máquina: se paramos totalmente, depois é mais difícil de recomeçar”, explica.

Uma equipe de apoio vai acompanhar Mesquita com um motor-home, onde ele vai descansar e fazer refeições. O corredor é vegano — não come carne, laticínios, ovos ou qualquer derivado de animais –, por isso irá repor os nutrientes com uma dieta balanceada de vegetais. “Vou comer muito o dia todo: muito arroz, feijão, macarrão”, comenta. Ele calcula que precisará ingerir cerca de 8 mil calorias por dia (para uma pessoa adulta com hábitos normais, o recomendado é 2.500 calorias). “A refeição mais importante é a da noite, no final do dia”, explica.

Além de chamar atenção para o tema da obesidade, o projeto de Ralph Mesquita vai recolher doações para ajudar o Grupo Europeu de Obesidade Infantil (Ecog, na sigla em inglês), uma organização que congrega profissionais que atuam contra esse problema. “Na Europa, 1 em 3 crianças têm problema de peso. É uma coisa da sociedade que precisa mudar. A média das pessoas é bem informada, mas a gente aprendeu a viver de um modo que não é o melhor jeito de viver”, avalia o corredor.

Em sua opinião, os pais precisam se esforçar para fazer com que seus filhos se exercitem. “Na minha casa, todo mundo era obrigado a fazer esporte pelo menos uma vez por semana”, conta, lembrando de sua infância.

União da Europa

Outro objetivo da iniciativa é divulgar a ideia da união da Europa e das fronteiras livres entre os países, já que Ralph Mesquita percorrerá nove deles livremente (Noruega, Finlândia, Suécia, Dinamarca, Alemanha, Holanda, Bélgica, França e Espanha). O brasileiro de nascimento, após residir mais de 10 anos na Bélgica, tem também a nacionalidade belga.

Questionado se tem planos de trazer sua campanha ao Brasil, Mesquita diz que o tema é importante por aqui também, já que os brasileiros também estão ficando mais e mais obesos. “Mas primeiro preciso terminar a corrida na Europa para pensar na possibilidade de um novo projeto”, diz.

G1

Continue lendo

geral

Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Financiamento Estudantil

Publicado

em

Por Agência Brasil

Estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até sexta-feira (23) para renovar os contratos. Aqueles que contrataram o Fies até 31 de dezembro de 2017 devem fazer o aditamento.

Neste semestre, cerca de 890 mil contratos devem ser renovados, de acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A renovação do contrato é feita pelo sistema SisFies. Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino para, depois, as informações serem validadas pelos estudantes no sistema.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Contratos de 2018

Os estudantes que aderiram ao Novo Fies e contrataram o financiamento em 2018 devem seguir o cronograma da Caixa, que é o agente operador do Novo Fies. Segundo a Caixa, aproximadamente 50 mil estudantes assinaram contratos do Novo Fies no primeiro semestre de 2018. O prazo para esses estudantes vai até 30 de novembro. O aditamento é feito no site da Caixa. O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar.

A modalidade Fies tem juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil e é bancado pelo governo.

A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capitaentre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

Continue lendo

geral

CIEE oferta estágio para acadêmicos de Educação Física; inscrições até amanhã terça

Publicado

em

Por Ascom/IFAC

O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) no Acre está com inscrições abertas até o dia 20 de Novembro de 2018 para selecionar estagiários de nível superior, do curso de Educação Física, a partir do 2º período.

Os interessados devem entregar a documentação na sede do CIEE, das 8h às 17h, na Avenida Getúlio Vargas, 3.640, PROCON – Ao lado da Malharia Ponto Sem Nó).

O valor das bolsas de estudo não foi informado. A carga horária média será de 20h/semanais. Para mais informações, ligue no telefone (68) 3214-3200.

O edital informa que os candidatos aprovados devem desenvolver atividades voltadas as seguintes modalidade: Futsal, Aeróbica, Capoeira, Dança, Ballet, Jazz, Futebol de Areia, Society, Handebol, Jiu Jitsu, kung Fu, Natação, Vôlei de Areia e Indoor.

Confira a documentação completa: Curriculum Vitae, Cópia RG e CPF, Declaração de Matrícula da Instituição de Ensino, Comprovante de Endereço atualizado e registro de habilitação em escolas ou grupos de dança, entidades regionais ou entidades de prática esportivas, caso possua.

REQUISITOS PARA NÍVEL SUPERIOR: Estar regularmente matriculado a partir do 2º período. Estar frequentando efetivamente o curso. Ter disponibilidade para estagiar em regime de 20 (vinte) horas semanais. Que não esteja cursando o último período. Ter acima de 16 anos de idade.

Continue lendo

geral

8ª Semana Acadêmica de Química tem início na Ufac

Publicado

em

Ascom/UFAC

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio do Centro de Ciências Biológicas e da Natureza (CCBN) e do curso Química (licenciatura), promoveu a abertura da 8ª Semana de Química, na manhã desta segunda-feira, 19, no anfiteatro Garibaldi Brasil. A programação do evento encerra-se nesta quarta-feira, 21, com palestras, minicursos e apresentações culturais.

Durante a abertura, foi lançada a revista científica eletrônica do CCBN, “Scientia Natarualis”, que terá trabalhos científicos originados de pesquisas nas áreas de química, física, ciências biológicas, ciências agrárias e ensino de ciências.  As modalidades serão de artigos científicos, relatos de experiência, notas técnicas, além de trabalhos associados a eventos nacionais e internacionais e revisões bibliográficas.

A periodicidade da revista será de um volume por ano, com dois números. “A intenção é promover tanto dentro como fora do CCBN a produção científica”, explicou o coordenador da semana, Carlos Garção.

De acordo com o coordenador de Química (licenciatura), Adriano Antônio da Silva, o evento é uma forma de levar ao público externo o conhecimento adquirido na universidade. “O aluno entra na universidade para depois retornar o conhecimento, para ser um agente de transformação da sociedade e mostrar a bagagem científica adquirida por ele”, disse.

Também compuseram a tribuna de honra os representantes da Reitoria, Ednaceli Abreu, e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Lisandro Juno; além do diretor do Centro de Ciências da Saúde e do Desporto, Vagner Pinto, e do professor da Universidade Federal de Mato Grosso, Paulo Teixeira.

Continue lendo

Veja também

Mais lidas