9 fevereiro 2023 3:30
9 fevereiro 2023 3:30

Justiça concede habeas corpus e vereador Juruna é solto após ficar preso menos de 48 horas

Em Liberdade

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Após se entregar à polícia na Cidade da Justiça, em Rio Branco, o vereador Juruna (PSL) ficou preso menos de 48 horas, já que o Superior Tribunal expediu liminar favorável à soltura do parlamentar nesta sexta-feira (17).

Juruna estava preso no Batalhão Ambiental após se entregar à polícia e seu advogado, Valdir Perazzo, foi informado nesta sexta-feira da decisão favorável a seu cliente.
Juruna foi preso após ser condenado pelo crimes de peculato e tráfico de influência. Agentes da Polícia Civil chegaram a entrar no prédio da Câmara de Vereadores de Rio Branco na quarta-feira (15) a procura do vereador, mas ele não estava no local.

Em entrevista, o advogado de Juruna classificou a decisão da Justiça acreana como “desnecessária”.

“Ele tem toda a condição de ser atendido no seu pedido de liberdade, pois ele tem residência fixa, trabalho, etc”, diz.

Após liminar de soltura, o vereador responderá pelo crimes em liberdade. Com Informações Folha do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS