Rio Branco,

Tatuador é executado com mais de 10 tiros de pistola

Por Da Redação Ecos da Notícia

ecos-03122016-execucao-sao-francisco-7

Publicidade

O crime aconteceu na tarde deste sábado (03), no bairro Oscar Passos, região alta de Rio Branco, quando o jovem tatuador Francisco da Silva Amorim, de 23 anos, “ Rafitty Tattoo” foi executado com mais de 10 tiros de pistola efetuados por dois desconhecidos que segundo testemunhas estavam em uma motocicleta.

Segundo informações de testemunhas, o jovem tatuador estava sentado na calçada em frente ao quarteirão onde morava, mexendo no celular, quando dois homens desconhecidos chegaram em uma moto e começaram a atirar contra a vítima que correu tentando entrar no apartamento onde morava sozinho e também funcionava o Studio de Tatoo, mas os criminosos continuaram atirando.

ecos-03122016-execucao-sao-francisco-4

Mesmo ferido Francisco Amorim montou em uma bicicleta e saiu em fuga, mas foi perseguido pelos criminosos que atiraram outras vezes e o jovem caiu em frente a uma Clínica Veterinária, localizada na rua Joaquim Macedo no bairro São Francisco.

Vítima teria confessado a amigos que era tatuador de membros do CV

Segundo informações de moradores da região, Francisco Amorim “Rafitty Tatoo” teria confessado a amigos que era tatuador de integrantes da facção do Comando Vermelho, mas que somente fazia seu trabalho como profissional e não teria envolvimento com a facção.

O apartamento da vítima era comumente frequentado por pessoas que procuravam o serviço de tatuagem prestado por Amorim.

ecos-03122016-execucao-sao-francisco-1

Tatuagem em parte intima de mulher de presidiário membro da facção do Bonde pode ter sido a motivação.

Nos últimos dias uma mulher o procurou para fazer uma tatuagem nas partes intimas, e segundo informações a mulher fez a tatuagem e foi mostrar para o marido que seria presidiário e integrante da facção Bonde dos 13.

Supostamente o marido não teria gostado da surpresa e teria mandado matar o tatuador, porque sabia que ele prestava serviço aos integrantes do CV.

A Polícia Militar esteve no local, colheu informações e saiu em buscar de tentar identificar os criminosos.

De acordo com informações de peritos a vítima foi atingida com quatro tiros nas costas, quatro no peito, um no braço que fraturou o membro e outros espalhados pelo corpo.

 

 


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade