Rio Branco,

Suposto integrante de facção é alvejado a tiros no Defesa Civil e morre dentro de Igreja

"guerra"

Por Redação Ecos da Notícia

Publicidade

O crime aconteceu na noite de domingo (25), na rua Mário Maia, no bairro Defesa Civil, região alta de Rio Branco, a capital do estado do Acre.

De acordo com informações a vítima identificada por Antônio Sandoval Silva, de 33 anos, mais conhecido pelo apelido de “Picolé” saia de casa em companhia de um membro da família, quando dois homens armados começou a atirar em direção de Sandoval que correu e entrou em uma Igreja.

Mas, de acordo com testemunhas a vítima já estava ferida com pelo três tiros nas costas. Assim que entrou na Igreja, Antônio caiu e foi amparado por pessoas que participavam de um culto.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionado, mas ao chegar ao local a vítima já estava sem vida.

Segundo informações de parentes de Antônio Sandoval “Picolé”, seria integrante de uma facção e a morte dele estaria relacionada a suposta “guerra” entre facções por disputa por território do tráfico de drogas na capital.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade