Rio Branco,

O crime não deu trégua: Irmãos são alvejados a tiros, um não resiste e morre

Por Da Redação Ecos da Notícia

homicidio-tentativa-1

Publicidade

Na manhã desta quinta-feira (08), quando a população de Rio Branco, capital do Acre, não viu estampado nos jornais, site e nem em redes sociais, nenhum vídeo de esquartejamento ou notícia de morte violenta, até respirou aliviada acreditando que a ação da polícia em prender os acusados de praticar os últimos crimes que chocou a sociedade, a onda de crime iria parar por um longo período, mas infelizmente a violência continua ceifando vidas na capital.

Na noite desta quinta-feira, os irmãos Ruan Victor Santos Barbosa e Michel Wesley Santos Barbosa, moradores da rua Serra do Moa, no residencial Rosa Linda, localizado na BR 364, estavam em casa, quando um homem teria chamado por Ruan no portão da residência.

De acordo com testemunhas, quando o rapaz saiu para atender o chamado foi surpreendido com uma rajada de tiros.

O irmão dele, Michael ao ouvir o barulho de disparo de arma de fogo, saiu para ver o que estava acontecendo e também foi alvejado a tiros, pelo mesmo criminoso.

As vítimas foram socorridas por uma equipe de suporte avançado do SAMJU e encaminhadas ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde Michel Barbosa, minutos depois de dar entrada no setor de urgência e emergência daquela unidade Hospitalar, não resistiu e morreu.

homicidio-tentativa

O irmão Ruan segue em estado de saúde considerado estável, e não corre risco de morte.

Policiais militares do 2° Batalhão foram ao local do crime, tentar coletar informações que possam ajudar a identificar o criminoso que segundo informações fugiu a pé, mas no local impera a chamada “lei do silêncio” por medo de represálias.

ASSISTA VÍDEO

 


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade